<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d6422818757094739375\x26blogName\x3dOversleep+Poker+Blog\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://oversleeppoker.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://oversleeppoker.blogspot.com/\x26vt\x3d1085140569499982408', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>
sexta-feira, 17 de julho de 2009
Bye Bye Las Vegas...
Hello people...

Antes de mais, peço desculpa por escrever pouco... já lá vão 3 meses desde o último post.

Fica aqui um pequeno resumo destas World Series @Vegas.


Joguei dois eventos das world series, o evento #54 de 1500$ com 2800 jogadores e o main event, 6800 jogadores. Fiquei ITM no 1ro e em 690º aproximadamente no main... positivo? well, sim, talvez... mas obviamente que pretendia mais, bem mais.


O primeiro evento que joguei, evento #54 de 1500$ foi em substituição do evento six-handed de 5000$, um torneio que adorava jogar mas que não pude. Este torneio por não ser muito caro tem uma estrutura bastante má que, apesar de ter níveis de uma hora começava-se com muito poucas fichas. Isto é, a fase inicial é um pouco crap shoot, é necessário correr bem a parte inicial e acima de tudo ter masterpiece stack management.
Regra geral fiquei contente com o meu torneio e acabei por ir deep e ficar num inglório 133º lugar dos 2800 jogadores, já ITM que deu 3600$ mas que acaba por saber a muito pouco, tão deep entre tanta gente... bahh.
Mas ok, sem stress, foi um bom "estágio" para o main event.
Fica deste torneio as conversas e experiência de jogar com o Carlos Mortensen, um dos pros live que mais admiro pela sua postura. Simplicidade, Humildade, não se dá por ele, não gosta de dar nas vistas, simpatia... e quanto a poker.... É UM MONSTRO... super agressivo, dificílimo de ler, imprevisível e sabe usar a imagem que tem como ninguém.
Acho que foi o pro live com quem joguei que mais "me ensinou" até hoje. Aprendi muito nomeadamente numa das características que eu acho(achava) que era melhor a nível de torneios, jogar stack size. Deu-me novas ideias e mostrou-me um "mundo alternativo" que vou certamente incluir no meu jogo.

Quanto ao main event, biliões de jogadores...:p, acho que fiz um torneio muito muito bom mesmo e merecia ir bem mais longe, cheguei ao dia 4 e fiquei a 50 lugares do dinheiro +/- num cooler gigante. Foi mesmo uma tristeza enorme... a verdadeira sensação de vazio. :(
Tenho Qd10d na BB com 70k aproximadamente no 2000/4000/500. Jogador EP faz mini-raise 8k, há 1 call e eu estou na bb a ser "obrigado" a fazer call de 4k para um pote de 26k aproximadamente, no brainer.
Faço call e vem o melhor flop sem um par que posso desejar Jd9j5c... let's go... Open Ended Straight Flush draw... Tenho 60k e pouco para trás... e calculando 1 cbet dos villains de aproximadamente 15k a 17k penso que está "au point" para check/raise AI. Check portanto, o raiser inicial faz check e o segundo aposta 17k aproximadamente... Encosto as fast as i can "the nuts"... ele snap call e tem a mão que menos quero ver, 1 set...99... I'm so lucky... not.
Benyamine que após termos jogado juntos no 1ro dia volta a encontrar-me nesta mesa e faz-me cara feia de... "que setup feio" e diz-me "good luck". Eu como nessa característica: "luck" não sou lá grande espingarda... consigo encontrar 2 cartas no baralho que não me serviam!
Uau... 15 outs... e perder assim em 690º num torneio de quase 7000 jogadores a 50 do dinheiro. Dá para perceber o vazio não dá? :( Durante uns instantes penso... "ora bem, mato à porrada o gajo que fez miniraise e me obrigou a ver este flop? ou mato a dealer que andou à procura de 2 cartas que não me servissem? :) ou os 2? :)"
Mas pronto... é assim este jogo, inglório, injusto por vezes e nem sempre as cartas vão estar do teu lado mesmo que jogues bem.
Quanto a gente conhecida encontrei o Dave "Devilfish" Ulliot, jogador que já não morria de amores por ele e assim se manteve, arrogante, altivo, brincalhão quando tem muitas fichas e mal educado/agressivo verbalmente quando está mal, manias de estrela e superioridade... bah, nao gosto dele.
Joguei com o David Benyamine também que depois de ter chegado 6 horas, sim 6 horas atrasado ao torneio (3 níveis completos) começou com 23000 fichas. Acabamos por jogar vários potes grandes juntos, eu acabei por "oferecer-lhe" 14k fichas quando ele chegou para poder repor a stack que perdeu enquanto estava na bobby's room provavelmente... mas depois lá consegui ir buscar "com juros" como ele disse 20k de volta. Nice guy, acabamos por nos encontrar no dia 4 de novo. Giro giro foi discutir estratégia com ele... priceless, totó oversleep a discutir estratégia com um senhor que tem swings de 1 milhão por dia... Uau... :)
Joguei também com o Joe Hachem, é um bocado bebé chorão sempre a dizer "one time" e a pedir a cartinha dele nos allins como se não houvesse amanhã...:) mas tirando isso, 1 tipo simpático" Era o meu botão quando eu era bb na TV table, apenas joguei 1 ou 2 flops sem acção com ele e quando estava 1 pouco short no fim do dia 3 fiz shove na BB com QTo a raise dele no button. Nada mais a assinalar.
Uma coisa boa (ou má por vezes como me disse o Mortensen) que estas estrelas têm é a facilidade que têm em ser pagos quando encaixam forte ou o nível de donation que o pessoal tem com eles a tentar fazer-lhes overplay por questões de ego & dar nas vistas ou então baseados na máxima "é pro, nunca tem nada"...
Com todos eles vi jogadas de pura donation como por exemplo 1 call 3 streets de A high de um senhor de 60 anos (tipo... até este perfil tenta ser engraçadinho com as estrelas..wtf) a value atw do Mortensen de top pair.
"Must be good to be a star... they pay you off so light", digo-lhe eu... ao que ele responde "Not always buddy, believe me not always... it's so much harder to bluff". E contou-me algumas mãos doentes "exemplo" disto... Pois, na realidade ele tem razão, mas quando tem joguinho... meu deus, eles têm cada oferenda.

Outra coisa BRUTAL... foi ter jogado na main tvtable... uau, que experiência... jogo poker há 3 anos e vi aquela mesa em tantas transmissões e todo aquele ambiente e sempre pensei, "Quero jogar ali algum dia!".
Acho que foi o meu primeiro ponto de nervoso miudinho desde há prai uns 2 anos para cá em torneios de poker, normalmente nada me afecta praticamente a nível de nervosismo, mesmo os maiores torneios... mas quando a meio do dia 3 me dizem, no que eu pensava ser mais 1 table break, "we're going to the tv table boys, get ready!"... fiquei wooooow... e no caminho mandei logo mensagem para a betfair crew... "Betfair player@tvtable of main event... weeeeeeee" :).
Claro que me sentei e esse nervosismo passou... Insta.
Chego à mesa e somos recebidos pelo Joe Hachem a dizer "Welcome to my table boys!"... ao que eu respondi "Olha a taxa páaaa!" (Taxa aka... taxa de bazófia... :))... baixinho... ele não ouviu, e se ouvisse tb não me parece que o português faça parte do portfólio linguístico dele!
Claro que para quem está "nervoso"... as 2 primeiras mãos foram abertas por mim... fazem fold até à minha SB e faço raise com 56o, bb fold (WEEEEEEEEEEEEE GANHEI a 1ra mão na TVTABLEEEEEEEE)... lool e mão exactamente a seguir fazem fold até ao meu botão, faço raise com um soooted K.... mas correu mal pq levei snap shove da SB. okok.. Eu acalmo-me, agora é só com joguinho.
Quanto a mãos "televisionáveis", passíveis de aparecer na transmissão futura, nada de especial, re-steal shove à estrela com Q10o na bb, AA com 3bet levo call e o jogador faz fold à minha cbet e talvez a maior seja esta:
KsQs faço raise EP (1500/3000) com 70k aproximadamente... e levo call do jogador à minha esquerda que tinha cerca de 50k fichas e do jogador a seguir (Mega bully spewing a lot). Flop K43 rainbow... e como sei que o bully vai colocar lá sempre fichas decido-me por entrar em modo "recolher barris" que numa board tão dry me parece a melhor opção com este villain.
Check, o jogador seguinte check e o bully 17k... interiormente "esfrego as mãos de contente" e, após algum pequeno teatro faço call ... completamente "atrás da moita" em trap máxima (a pensar já em shovar o 2nd barril dele já commited no turn)... ora o segundo jogador inesparadamente surpreende-me e faz shove da stack dele... wow... o bully faz fold(obv) e eu fico no vazio!
WTF... é que... são "apenas" mais 35k acho para o call... mas tipo o que se passou nesta mão.
Ele era mais do que sólido e tipo... a mão dele cheira a 33, 44... Mas não me posso esquecer, por 1 lado as excelentes odds que estou a receber para o call, por outro o facto de ele saber, como eu, que o nosso amigo bully "nunca tem nada"... e então o meu call pode significar algo medium/weak strenght tipo QQ,JJ, TT... ou até 55-99, KJ, KT. Coloco a hipótese de ele ter feito apenas call com AK mas após falar 1 pouco com ele...acho q excluo essa mão, ele tem stack para fazer shove pré, e, excluindo o meta game de termos o bully na mão, custa-me a crer que ele iria "go crazy" com KJ.
Mas por outro lado eu com AK, AA, KQ faria cbet na perspectiva dele e portanto tenho a minha mão algo subrepresentada e ele pode achar q KJ é a melhor mão aqui... grrrr... tão difícil... é uma % gigante da minha stack e fico morto se faço o call e falho. Demorei uns 3/4 minutos e a partir de uma certa altura comecei a sentir confiança muito grande da parte dele, nunca vacilou e achei mesmo que só podia ser 33/44... e acabei por fazer o difícil fold... ele mostra 33 e respiro de alívio. Ufffff... nice... nice.


Já agora, uma coisa boa e que acho que vai agradar à maioria das pessoas que gosta de torneios é o facto de ter registado as hand historys de ambos os torneios.
Fi-lo a pedido do Chinoca para a revista e como ficou interessante esse conteúdo vai também para o pokerpt algures, pelo menos a hand history dos 4 dias do main event, que incluem TODAS as mãos que joguei.
Tem lá para o meio alguns spots bem interessantes/difíceis.
Depois actualizo neste post com o link para a hand history, se quiserem criticar, opinar e analisar algumas mãos agradeço... :)
Da minha parte, eu gostaria de ter acesso a conteúdos destes regularmente, por isso acho que a maioria do pessoal que se der ao trabalho de percorrer a hand historys e não adormecer a meio também vai curtir. :)

(ACTUALIZAÇÃO)
Como prometido o link para a hand history do torneio:
DIA 1:
http://blogs.pokerpt.com/9-oversleep/15-wsop-hand-history-by-oversleep-dia-1d


Extra Poker os destaques vão para 3 espectáculos que fui ver: o "O" e o "KA" ambos do Circle du Soleil e o Blue Man's Group.
Quanto aos Circle du Soleil... gostei mais do "O" do que do "KA" mas acho que ambos são muito bons. É tão diferente de tudo o que estamos a ver do lado de cá do oceano... Produções gigantes e visivelmente "milionárias"... anfiteatros feitos à medida de um espectáculo, grandiosidade a todos os níveis, performançes físicas, coreografias, ambientes criados fantásticos, bandas sonoras épicas, capacidade de nos transportar para "outros mundos", despertar de emoções e sensações, capacidade de reinvenção e surpresas ao longo dos espectáculos, nunca sabemos o que vem a seguir... crazy crazy crazy. Impressionante e priceless, vejam, por favor, mal tenham oportunidade!
O Blue man's group foi também muito bom e é 1 excelente mix de: Comédia, mímica, multimédia, percursão e som (banda ao vivo) brutais... e até cientificamente pedagógico.
Aconselho estes 3 espectáculos sem dúvida...


Quanto a esta cidade, na realidade eu não sou, como a maioria acho, um fanático por Vegas, ao passar umas 2 semanas lá já estou um bocado cheio e com vontade de voltar. Sinto que é esse o meu tempo de estadia ideal e optimizado a todos os níveis, 2 semanas. Menos tempos é pouco e mais tempo é demasiado. Acho que tudo é muito intenso lá. Um dia em Vegas parece-me comparável a uns 3 dias em Portugal. Faz-se imensas coisas, dorme-se pouco, vive-se de dia e de noite.
A partir de uma semana e meia começa a afectar-me seriamente ter uma vida onde 60/70% do dia ouvimos slot machines a tilintar. Começo a sentir falta de natureza, de praia, da comida da mamã (Come-se tão mal nos Estados Unidos regra geral, não admira que uma % tão grande de norte-americanos sejam obesos), do sofá, dos amigos(os que estão cá, muitos [e bons] estavam lá) e de um conjunto de coisas do dia a dia, de detalhes, de momentos que são importantes para mim.

É bom estar de volta, sentir o conforto home sweet home, acordar, ir ao café à porta de casa, ler o jornal com notícias portuguesas, voltar a sentir a "realidade", ver nas notícias as vicissitudes da nossa "república das bananas" faz-me sentir que voltei ao mundo real... um mundo imperfeito, mas real. Vegas é perfeita demais, e as coisas perfeitas demais... não existem. :)

Algumas coisas boas mais que não queria deixar passar em vão, a amizade. Houve vários momentos, em Vegas, onde senti que sou uma pessoa com muita sorte por fazer algo que gosto bastante e ter o privilégio de ter ganho neste "mundo" grandes amigos que já não consigo viver sem eles no meu dia a dia.
Houve várias conversas que me tocaram, a vários níveis... vocês sabem quem são, obrigado pela vossa amizade, mesmo.
Um momento que não vou esquecer também foi algo que teve tanto de inesperado como de confortante foi quando uma senhora nos seus 70/80 anos sentada à beira do seu marido a jogar cash no Bellagio me interpela saída do nada e me diz que eu tenho cara de ter um "beatiful heart" com 1 sorriso tão aberto como sincero. :-o Foi um gesto tão espontâneo e simpático assim saido do nada da senhora que fiquei sem palavras, apenas agradeci...
Altruísmo é uma das minhas palavras preferidas, gosto de dar e de pessoas que gostam de dar... e esta senhora simpática que, pelas palavras dela já tinha dificuldades em distinguir o verde do azul do meu casaco, deu-me algo com este gesto simpático, a ponto de ser incluido na minha lista de memórias destes dias em Vegas. :) so nice...


Agora... pretendo descansar um pouco... organizar um pouco algumas coisas na minha vida pessoal, sentir o que quero e o que não quero na minha vida e medir os valores esperados das minhas decisões a curto/médio e longo prazo (calcular odds portanto), olhar para o futuro, fazer coisas novas que tenho abdicado por estar a 300% a pensar em poker. Preparar-me para a "nova época", sim para mim a época de poker termina nas World Series. A nova Season do EPT está muito melhor a nível de estrutura, 30000 fichas, 50/100, 1 hora o que vai fazer com que a qualidade do torneio aumente muito. Já estou com saudades de jogar online, há 3 semanas +/- que não jogo online... Betfair não funciona na América. Na realidade sinto que esta pausa até foi boa já que, para além de me sentir com grandes índices de motivação e confiança, o último mês e meio antes de ir para Vegas foi mauzinho... ok... mauzão...:)(tenho 1 post a meio a falar sobre o tema, será o próximo).

Para finalizar... analisando a participação em Vegas do ponto de vista colectivo a nível da "armada lusa" acho que toda a gente está de parabens, vários ITM, vários jogadores a irem deep em torneios tanto das world series como em outros casinos pela cidade!
Destaque para o Carlos CMPJO e para o Leguito que ganharam respectivamente torneios no Bellagio e no Venetian! Congratz boys, vocês merecem muito!!!



Fare Well people! :)
 
posted by oversleep at 15:06 | Permalink | 12 comments