<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d6422818757094739375\x26blogName\x3dOversleep+Poker+Blog\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://oversleeppoker.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://oversleeppoker.blogspot.com/\x26vt\x3d1085140569499982408', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>
sexta-feira, 31 de agosto de 2007
Tão perto... tão perto...
Back to Portugal da missão Barcelona.

Tal como dizia à partida, este super-satélite não me enchia as medidas pela estrutura turbo mas de qualquer das formas encarei-o da mesma forma que encaro todos os desafios com o único objectivo de vencer, neste caso a meta era atingir o apuramento.

Tal como tinha definido fiz o rebuy inicial e felizmente não necessitei de fazer mais rebuys, tendo feito somente o addon no final. Neste período gastei cerca de 1/3 da stack a ver flops e em pequenos potes até ao primeiro momento importante onde consigo recuperar a stack com AK num pote contra AK e 1010... split pot para os 2 AK que arrecadaram as fichas do jogador do 1010, melhor jogador da mesa, mas que entrou em tilt pelos imensos rebuys que estava a fazer.
A partir dai consegui uma stack boa tendo a maioria das fichas vindas desse jogador em tilt e de 2 jogadores visivilmente mais fracos na mesa.
Sai então com stack de aproximadamente 9500 fichas após os rebuys.

Dai para a frente fiz um torneio que me orgulho bastante onde consegui sempre manter a minha stack saudável completamente sem mãos.
Mãos premium não houve mais, apenas um KK em que infelizmente apenas roubei blinds e um AJ em que ganhei a stack de um short.
Tudo o resto foram potes ganhos com mãos marginais e com muito mais "player oriented poker" do que "cards poker". Estive mesmo concentrado na mesa e jogadores e, nas mesas em que estive, a cada 1/2 jogadas eu refazia os meus cálculos das stacks de todos os jogadores e constantemente tirava notas mentais de jogadores e as suas acções em mãos chave em todas as streets, penso que nunca tinha jogado um torneio live em que consegui níveis tão altos de concentração, tinha constamente 8/9 jogadores da mesa profiled o que foi muito importante em várias fases o torneio.

Depois do último intervalo que tive mal cheguei à mesa fui allin com J8 utg com um M de 3 aproximadamente tendo tudo foldado e consegui desta forma mais uma preciosa ronda de blinds.
Desde o momento em que faltavam cerca de 100 jogadores que as blinds já tinham um peso bastante alto para a minha stack e desde ai me consegui manter a roubar blinds e a sobreviver a um cold deck que eu sentia tão injusto ao analisar as mãos que tive em todo o torneio, comparado com os meus pares.

Há torneios assim, e não foi isso que me fez desistir, continuei a lutar e acabei por perder já short onde vou allin com A3off por cima de um jogador que vai allin com menos de 2 blinds... e infelizmente um jogador a seguir tinha AK, o que destruiu o meu favoritismo perante o jogador inicial que tinha algo tipo 107.

Sensação de frustração muito grande, 25 jogadores ganhavam entrada e eu estava ali a olhar para o écran a ver que faltavam cerca de 45 jogadores... dos 300 e muitos iniciais (houve late registration)...

... penso que preferia ter sido eliminado quando faltavam 100 jogadores ainda do que assim, tão perto... a faltarem 20 jogadores... e tão rápido que eles cairam. Custou imenso.

Custou mesmo muito levantar-me daquela mesa... tão perto do objectivo. :(

No dia seguinte, no inicio do dia 1A do EPT, confesso que me senti completamente deprimido ao assistir a toda aquela euforia e nervosismo dos jogadores que se preparavam para entrar e por não poder estar presente, e tão perto que estive. :(

À parte do super-satélite joguei na terça feira uma sessão de ring 2€/5€ em que sai ligeiramente positivo (150€), tendo infelizmente que recuperar de um grande pote perdido na 2ª mão com QQ contra KK, grande parte da sessão foi em subida a recuperar desse pote inicial, se não fosse esse pote, tinha sido uma sessão bem mais positiva.
No dia seguinte já não joguei ring, quando chamaram o meu nome não compareci já que penso que "ganhei mais" ao observar durante várias horas o jogo de 2 dos jogadores que mais aprecio na actualidade Patrick Antonius e Daniel Negreanu e também em assistir durante várias horas à acção numa mesa 50€/100€ onde definitivamente aprendi bastante. Cansativo, mas definitivamente, tempo muito bem empregue e valioso.

Deixo os meus parabéns a todos os tugas presentes e às suas prestações.

Queria deixar um destaque especial e a minha admiração pelo trabalho de três senhores que, para além de, na minha opinião pessoal serem 3 excelentes seres humanos, são excelentes profissionais e fizeram de tudo para fazer chegar a Portugal o máximo de informação possível sobre o que se estava a passar no evento.
Estes senhores são incansáveis e admiro e respeito muito o trabalho, esforço e dedicação que demonstram e merecem o meu destaque:

Jomané, Pedro Pocketaces e Caco!

Vocês são grandes, parabéns.


Resumindo e finalizando chego desta viagem com sentimentos mistos de contentamento e de frustração.
Apesar da tristeza de ter estado tão perto de conseguir a entrada, sinto a felicidade de sentir que estive bem e que, um luck factor maior teria feito a diferença entre não conseguir e conseguir a entrada, penso que não seria mais do que 1 ou 2 mãos dignas desse nome e eu teria conseguido o apuramento.
Para além disso não desespero, cada dia que passa sinto que estou a evoluir, felizmente a um nível bem veloz e superior ao que inicialmente pensaria, estou a esforçar-me bastante para essa evolução, e desta forma, sei que a curto prazo será uma realidade a minha participação regular nestes grandes eventos.


;)
 
posted by oversleep at 22:51 | Permalink | 0 comments
domingo, 26 de agosto de 2007
Super Satélite EPT Barcelona
Bem, estou de partida para Barcelona para jogar este super satélite para o EPT Barcelona.
Fui um dos contemplados pelo pacote oferecido pelo pokerpt & wingows e irei estar presente.

Confesso que não me enche de ilusão este torneio (o supersatélite) principalmente por duas razões:

. Está assente numa estrutura bastante má, muito turbo, com níveis de 25 minutos todo o torneio, tendo apenas nos 3 primeiros níveis de rebuys(a 200€) duração de 30 minutos. Inicia-se com 1500 fichas iniciais, no nível 20/40 (normal, é um torneio que deve acabar num dia).
. Apesar de ter a entrada paga pelo pacote oferecido pelo pokerpt, tratando-se de um torneio de rebuys, e tendo essa noção, está algo fora da minha banca, e nunca poderei jogar o meu poker habitual neste tipo de torneios sendo os rebuys a 200€. Nunca poderei jogar como por exemplo um 11+rebuys, onde faço facilmente mais de 10 rebuys sem qualquer problema.


Ora, desta forma tomei a decisão de desviar parte dos lucros de uma sessão bastante positiva em espinho para poder fazer 2 rebuys + 1 addon. Penso que é um limite confortável para mim, apesar de não estar nem perto daquele que penso que deve ser um "plafond" aceitável para torneios de rebuys. Não concordo de todo com a abordagem "jogar à freezout" que sinto que irá ser a abordagem que muitos de nós tugas iremos ter. Entre jogar o torneio e não estar preparado para "jogar normalmente"... e não jogar, penso que seria preferível não jogar. Eu próprio ponderei essa possibilidade, já que, como digo acima, vou jogar bastante limitado e não me agrada de todo isso.
De qualquer das formas apoio quem o faz e quem vai à procura do sonho e espero que todos consigamos concretizar os nossos objectivos.


Não tenho desta forma grandes expectativas quanto a este torneio já que raramente me dou bem com torneios onde a estrutura privilegia o factor sorte e o factor "mãos", mas anyway, GL me & GL a todos os tugas.

Estou muito mais entusiasmado e expectante com o torneio na irlanda que eu mais um grupo de amigos vamos jogar que, esse sim, será um torneio onde se poderá jogar poker, com uma excelente estrutura. Mas mais tarde falarei sobre isso.


Já agora, tenho jogado muito pouco ou nada, mas o pouco que tenho jogado tem sido extremamente positivo e foi atingido já largamente o meu objectivo de "comeback" para voltar a NL400 após aqueles 5 "dark days" que falo num post anterior.
É bom alcançar os objectivos, e melhor ainda é consegui-lo com facilidade.
O facto de andar a jogar pouco prende-se alguns pequenos "issues" da vida pessoal que por vezes nos afectam em mais do que um sentido, e sinto que, para executar uma actividade com sucesso, é muito importante estar bem fisicamente e psicologicamente... e o mind game é muito importante no poker, não estando bem psicologicamente... a qualidade do jogo decresce, por isso, jogar menos ou não jogar é a solução.




Muito boa sorte a todos os tugas presentes no super satélite e muito boa sorte aos que vão jogar o EPT, quer os que pagaram entrada quer os que se qualificaram!


;)
 
posted by oversleep at 09:22 | Permalink | 1 comments
quinta-feira, 16 de agosto de 2007
Desculpem lá... mas apeteceu-me elogiar!
Nunca vos apeteceu dizer "gosto de ti!" ou "admiro o teu trabalho!" ou "és um excelente profissional!"... ou demonstrar a alguém respeito ou admiração pelo seu trabalho?
É bom receber elogios mas para mim é ainda melhor oferecer, porque, de uma certa forma, também estamos a receber... nomeadamente no conforto de saber que as nossas palavras provocaram o bem-estar numa pessoa pelo reconhecimento de outra pela sua actividade.

E, hoje, apetece-me elogiar.

O poker em Portugal está num trilho algo obscuro numa grande percentagem de jogadores, onde dominam factores como o "já sei tudo", arrogância e ego desmedido, sobrevalorização e falta de capacidades para observar as próprias limitações que levam a que constantemente sejam cometidos erros dos mais variados tipos pela maioria desses jogadores. Nomeadamente gestão de banca levando a que, dada a sua falta de capacidade para investir na sua formação e evolução, apostem, baseados na sua cegueira, em ir a sítios que não deveriam ir ou pagar buyins que não deveriam pagar ou jogar limites que não deveriam jogar etc...
Este grupo é grande, mas nunca iria dizer "em público" que acho que este ou aquele jogador é menos bom, ou que é "overated" ou que não é o que se diz ou que não sabe gerir a sua banca... ou alguma coisa de negativa que seja... quer porque não era bonito fazê-lo, quer porque, acima de tudo, não sou ninguém para julgar negativamente outros.

Apetece-me sim, falar sobre a outra extremidade, os jogadores que para mim são verdadeiramente jogadores e que, na maioria dos casos, estão a seguir 1 caminho de evolução que não parou no tempo, os jogadores que, por esta ou aquela razão, admiro.

Acima de tudo isso, são isso, jogadores com características diferentes mas que têm particularidades que admiro bastante.

E aqui vai a minha lista!

Cool Kid - Para mim é o melhor jogador de poker nacional. Ponto. Pelas várias vezes que falo com o Cool Kid, por toda a sua mentalidade e forma de pensar poker, pelas várias sessões que assisti é para mim uma referência e um jogador excepcional, que pensa o jogo a um nível e dimensão completamente diferente de todo o resto dos jogadores.
Sou um jogador trabalhador e motivado para aprender cada vez mais sobre este jogo e para subir cada vez mais e luto sempre para atingir o topo em tudo que faço, mas o Cool Kid é aquele tipo de jogador que eu penso que, por muito que eu suba, ele vai estar sempre uns níveis acima. Simply the best!

Spxdes - Experiência... e experiência transformada em conhecimento. O poker é bem mais do que jogar AA e foldar 72 ou fazer slowplay de um poker no flop, e quem observa o spxdes a jogar vê que ele está uns níveis acima de toda a gente e que tem incorporado no seu jogo todo um arsenal de conhecimento... que irá demorar anos para muitos o conseguirem (se algum dia o conseguirem).
É um jogador que verdadeiramente pensa o jogo e inclui nesse pensamento todo um conjunto de variáveis... que nitidamente a muitos outros jogadores lhes passa completamente ao lado.
Tive o prazer e privilégio de à uns dias atrás, disputar um Heads-Up final de um pequeno torneio com ele e, foi sem dúvida um dos 30 minutos de poker mais interessantes que tive nos últimos tempos.
Pessoalmente gosto imenso de jogar contra bons jogadores(mais do que devia...normalmente a gente gosta mais de jogar contra os piores jogadores né...) e este HU que foi bem longo foi sem dúvida conjunto de mãos de verdadeiro poker, onde pela qualidade do adversário, podemos subir o nosso jogo ao next-level e fazer movimentos que nunca faríamos contra um jogador normal. Sem dúvida nutro grande admiração por este jogador.

Wade - O Wade é ainda mto jovem, penso que joga à cerca de 2 anos aproximadamente e é para mim um grande exemplo de que esforço e dedicação podem levar-te longe em qualquer actividade.
Pelo que vi, conheço e falei com o Wade dá para perceber que é uma pessoa com capacidades cognitivas muito interessantes e bastante acima da média.
Na minha opinião a evolução deste jogador não tem limites... se continuar a imprimir o mesmo ritmo na sua evolução vai ser sempre a subir. Tem um poker bem agressivo e que para quem "está do lado de lá"... é extremamente difícil de defrontar.

Zumy, Lostlucky, Onepocketpro e NRReis - Colegas na Academia do Poker. Não é necessário sequer descrever. Estão no topo.

Chambre - Admiro muito no chambre a forma discreta como desenvolve o seu poker, como estuda o jogo e trabalha arduamente para evoluir e como realmente está a retirar dividendos desse esforço. É também fantástico a nível de disciplina... esse factor onde 98% dos jogadores são péssimos. É um jogador que definitivamente já tem poker para outros voos mais altos mas baseado numa auto-estratégia de disciplina e rigor joga NL100 com resultados excelentes e mesmo tendo poker e banca apropriada para subir de nível, mantem-se enquanto não atingir os objectivos pretendidos para esse nível.

Kalage - Conheço bastante bem o jogo do kalage e tenho uma certeza, actualmente já é, na minha opinião um excelente jogador.
Tem características de personalidade que admiro e prezo bastante como a humildade.
Infelizmente ele actuamente não pode jogar com a regularidade que pretende, mas para mim, garantidamente, no momento em que conseguir alterar isso e ter tempo para jogar mais horas e mais a sério, tornar-se-à certamente num grandíssimo jogador.

Guyzox - Sólido. Podia dizer que quando penso no Guyzox como jogador penso na palavra sólido, mas não, é ao contrário.
Quando penso na palavra sólido no poker, penso no Guyzox. Ele é a definição de um jogador sólido para mim.
Pick his spots, agressividade selectiva, praticamente error free, analisa o jogo, pensa sobre o jogo, e acima de tudo é uma pessoa extremamente racional em toda as suas palavras e postura no poker. Um exemplo de postura e personalidade a seguir.

Policy10 - Gosto muito de algumas características do policy, nomeadamente a agressividade, o fearless game, e a capacidade de colocar a pressão nos adversários, nomeadamente a capacidade de disparar de volta a pressão para o adversário.
Também admiro a sua frontalidade e as palavras simples e directas sempre na ocasião certa.



Estes são alguns dos jogadores que, por variadas características que não só o poker jogado, admiro e que merecem o meu destaque pelas suas características nas mesas e fora delas.


Existem outros que possivelmente me estou a esquecer, e existem outros pelos quais tenho também enorme consideração sendo esse grupo já um pouco mais alargado e que tornaria esta lista muito grande, é tipo uma 2ª linha de jogadores que admiro e pelos quais tenho bastante consideração e que certamente... se fizesse uma lista com 20 jogadores em vez de 10 ou 11... estariam incluidos.




Desculpem lá... mas apeteceu-me elogiar!

;)
 
posted by oversleep at 04:31 | Permalink | 4 comments
segunda-feira, 13 de agosto de 2007
Azar? Não. Variância! (& Part2: objectivos)
Tenho na última semana estado um pouco mais afastado do poker e jogado menos.

Tenho utilizado esse tempo para descansar um pouco e no que trata ao poker, tirando alguns torneios para descontrair, tenho "pensado mais poker" do que realmente jogado.

Esta semana de descanso vem em boa altura já que, o fim do mês de Julho teve uma sequência de 4/5 dias daqueles que normalmente tiltam jogadores, daqueles que fazem partir teclados ou daqueles que fazem perdem bancas inteiras em 2/3 sessões. Esses dias de certa forma ofuscaram um pouco todo o mês fantástico que estava a ter na subida para NL400.

Ora, felizmente para mim, nada disso aconteceu, não tiltei, não parti teclados nem destrui a banca.

Pensei em colocar aqui algumas dessas mãos (que seria positivo no sentido de demonstrar e reforçar algo que insisto bastante, que é a gestão de banca... e o que é a variância, a facilidade com que se podem perder 4/5 ou mais buyins sem ter cometido um único erro... e os problemas que isso pode trazer se não houver uma banca apropriada para contornar a variância), mas já passaram alguns dias e não tenho neste momento aqui no portátil essas mãos, fica prometido para a próxima badrun (espero que demore :) ).

Entre outras nestes 4/5 dias perdi mãos que individualmente são perfeitamente normais, mas que, encaradas no ponto de vista de um período relativamente próximo, são difíceis de engolir... até pelo jogador mais disciplinado.

Como exemplos nestes 4/5 dias tenho a assinalar:
. Pelo menos 5/6 vezes que perdi com set over set;
. AA raises/re-raises/allin pré-flop 2 vezes que perco contra QQ e outro contra KK;
. AA allin em ragged flop (cartas baixas abaixo de 8) contra 1010... 10 no turn e perco;
. J10 board JJ55, raise, re-raise, allin no turn... contra um KK... K no river, perco;
. Perco com 2º nuts pelo menos 3 vezes... 2 com 2º flush e uma com top full house contra poker;
. KK, flop Kxx, top set no flop... perco contra runner runner ROYAL... sim... ROYAL STRAIGHT FLUSH!

Bom, uma sequência de coolers e bad beats que... como digo... poderiam ter danos graves na banca de um jogador que se deixasse tiltar seriamente.

Passei algum tempo a analisar as mãos desses dias... e tirando alguns erros menores, não encontrei nada grave a assinalar, não posso dizer que joguei mal e, a frio, qualquer um desses potes grandes, teria jogado da mesma forma.

Sinto-me bastante contente porque consegui encarar e superar esta fase má de uma forma até algo surpreendente e por ter conseguido ter a disciplina para descer de limite.
Desta forma defini que no mês de agosto deixaria as mesas de NL400 (andava a jogar NL400 e NL200), e voltaria a jogar apenas NL200 e até algumas mesas de NL100.
E em Setembro voltarei às mesas de NL400/NL200 como nos últimos tempos.

Ter um plano é sempre importante, por isso faço sempre questão de ter objectivos em mente... e não apenas me deixar levar pela corrente.

Aproveitando para falar um pouco sobre objectivos para os próximos tempos.

Numa pequena retrospectiva relativamente a cash games, a minha incursão mais séria em cash games aconteceu em final de Março e foi extremamente positivo desde ai, melhor do que eu esperava tendo tido uma subida bastante rápida, tendo começado em Abril com NL50, e em cada mês tendo subido um limite paralelamente à banca apropriada para esse limite. Abril NL50, Maio NL100, Junho NL200 e Julho NL400/NL200.
Consegui adaptar-me bem às diferenças de nível dos adversários e ao diferente tipo de jogo em cada limite, jogando o jogo mais apropriado para cada tipo de jogador/limite.
Vejo que sou um jogador completamente diferente ao entrar numa mesa de NL100 do jogador que entra numa mesa de NL400... por exemplo em NL100 jogo de uma forma muito menos complexa, muito mais ABC poker, mais básica, subindo as value bets, diminuindo a percentagem de bluffs e semi-bluffs, jogando um pouco mais tight... Jogo completamente diferente de NL400 onde jogo bastante mais loose, mais tricky, range de re-raise pre bem mais alargado incluindo mtas vezes mãos especulativas, um jogo muito mais complexo, com constantes incursões a 2nd and 3rd level thinking, com mais 3bets, mais resteals, pot control mais cuidado... etc...
Penso que é uma das bases para estas subidas terem sido bem sucedidas é o facto de jogar à medida dos adversários quer pelos dados que tenho deles (Stats e notas) que pela dinâmica da mesa e tipo de jogo jogado em cada limite/mesa.


Desta forma, os objectivos:

. Como dito acima o mês de agosto actual será para voltar a solidificar a banca para NL400;

. Agosto a Outubro será um período bastante ocupado com o arranque da academia do poker e torneios live, EPEC algarve, Barcelona satelites EPT e Irish Poker Tournament na Irlanda.

. Desta forma a nível de cash games os próximos tempos não serão de disponibilidade total, mas de qualquer das formas tenho como objectivo voltar a NL400 em Setembro, para meio de outubro aproximadamente subir para NL600 e para início de 2008 entrar em NL1000, são essas as metas a atingir, obviamente com as bancas apropriadas para cada limite;

. Academia do Poker: O objectivo aqui resume-se para mim pessoalmente a uma só palavra: AJUDAR!

. A nível de torneios online tomei também algumas medidas no sentido de evoluir em frente, noto que nos últimos tempos tenho jogado torneios com muita pouca concentração e com alguma displicência... ao contrário do que me é habitual.
Talvez pelo foco bastante grande que estou a ter em cash games. Mas definitivamente não quero descurar torneios porque é aqui que está a minha grande paixão, a nível de poker. Contudo os próximos tempos estão algo complicados a nível de disponibilidade, mas de qualquer das formas estarão certamente incluidos no meu schedule diário sempre alguns torneios.
Sem entrar em grandes detalhes, tomei algumas medidas relativamente a eliminar um dos focos de desconcentração maior aquando de jogar torneios, e certamente nos próximos tempos a concentração máxima voltará.


And that's all folks...
Gestão de banca... Pensem na gestão de banca... o exemplo que referi acima... se a gestão de banca não fosse uma realidade no meu jogo... possivelmente... "tinha ido todo"! ;)


Guyzox... menção especial para ti... :D Desculpa demorar tanto a escrever este!
(para que todos saibam... este senhor todos os dias de manhã dá-me porrada pelo msn por ainda não ter um post novo no blog! ahah! ahah!)


GL @ the tables. ;)
 
posted by oversleep at 16:33 | Permalink | 2 comments