<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d6422818757094739375\x26blogName\x3dOversleep+Poker+Blog\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://oversleeppoker.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://oversleeppoker.blogspot.com/\x26vt\x3d1085140569499982408', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>
segunda-feira, 22 de setembro de 2008
New Donkament Article... & Betfair WSOP Europeeeeeeeeeeee! :)
Hello all...

Tenho tido ideias algo "criativas" relativamente a novas formas de jogar em torneios e pensado bastante sobre novas abordagens. Algumas delas irei definitivamente experimentar nos próximos torneios que fizer.
Quando este brainstorming estiver mais clarificado na minha mente, falarei um pouco sobre estas ideias.

Até lá sinto que a "fórmula" perfeita para jogar torneios é um perfect blend de alguns "ingredientes", sendo que praticamente todos eles não passam de "clichés" usualmente utilizados, isto se não forem levados ao detalhe.
De qualquer das formas penso que a aplicação prática de quase todos eles é bem mais complexa do que há partida pode parecer. Quero com isto dizer que, ok, é senso comum por exemplo que jogar de forma agressiva é muito positivo, mas na prática agressividade é algo bem mais complexo do que fazer raise em todas as mãos!
E os ingredientes para a receita perfeita são (Em inglês... porque.. em português... soa-me bem mais estranho... ):

. Agression;
. Patience;
. Make them fold;
. Play the players;
. Fearless;
. Never be afraid to go allin;
. Stack Management & playing Stack Sizes;


Quanto a este último ponto, Playing Stack Sizes... é, talvez, o item a maioria dos jogadores comete mais erros.

Para a Poker Europa deste mês fiz um artigo exclusivamente sobre esse tema que penso que tem alguns pontos que, se forem respeitados, nos irão tirar de situações complicadas e erros comuns.
Já actualizei o link ao lado Writings - Artigos Oversleep, está lá o artigo:
Oversleep - Jogando Stack Sizes em Torneios (Setembro 2008).
Aconselho uma vista de olhos. ;)


Algo visível a nível de torneios é a constante evolução que se tem dado nos últimos anos e o quanto as abordagens se vão alterando, os estilos de jogo, o tipo de movimentos etc...
Pouco depois de ter começado a jogar poker, há cerca de 2 anos a referência bibliográfica e...mais do que isso, a referência a nível de estilo de jogo para torneios era a literatura de Dan Harrington com os seus 3 livros para torneios.
Continuo a sentir hoje em dia que é uma literatura essencial para quem começa a jogar poker e um estilo fundamental a ser utilizado quando começamos a jogar poker!
Harrington defende uma abordagem baseada em:
. Jogo TAG(Tight Aggressive);
. Selecção de mãos muito cuidadosa pré-flop;
. Ter muito em conta o factor posição;
. Utilizar essa imagem tight para posteriormente e de forma ocasional incluir alguns moves, bluffs como squeezes ou re-steals mais arrojados.
Mas, definitivamente, a linha mestra é jogar um jogo pretty straight forward jogando poucas mãos mas de forma bastante agressiva.
Para quem está a começar... esta é definitivamente a primeira abordagem que aconselho a seguir!
De qualquer das formas, à medida que vamos vendo a evolução do poker, é para mim já uma certeza que a "abordagem Harrington" já não chega hoje em dia.
Os jogos estão mais complexos, os jogadores mais loose e bastante mais agressivos sendo que a abordagem harrington vai acabar por nos colocar uma grande parte das vezes em situações shortstacks, a não termos os nossos monstros pagos e a nunca criarmos grandes stacks em fases iniciais. Acabamos por ter um índice de going deep nos torneios acima da média, mas normalmente é bastante difícil chegar às FT e aos primeiros lugares.

Surgiu nos últimos tempos outro livro no mercado que penso que, nos tempos que correm, pode ter uma importância tão grande quanto os Harrington tiveram há uns tempos. Falo do novo livro do Gus Hansen - Every hand Revealed onde ele explica toda a hand history de um torneio live, torneio esse que ganhou! :)
Well, este livro causava-me bastante interesse e foi certamente um dos livros que li com mais atenção.
O resultado final foi de alguma desilusão por surpreendente que pareça. Well, desilusão pelas linhas de pensamento (ou talvez... falta delas) que o Gus Hansen tem.
A imagem que tinha dele e que o incluía no meu top 5 de jogadores preferidos ficou algo esmorecida por várias coisas.
Vi várias mãos onde ele comete erros de vários tipos e onde tenta sempre arranjar alguma justificação para se auto-convencer a jogar aquela mão naquele mau spot, quer sejam justificações mais matemáticas quer sejam "tenho de defender as minhas blinds" quer sejam... "não sei porquê mas apetece-me jogar esta mão"...
E a imagem do jogador agressivo... :) Não. O Gus Hansen é tudo menos um jogador agressivo. Sim é loose, mas não, não é agressivo!
Outro ponto onde realmente me desilude é nas análises pós flop que uma grande percentagem de vezes me parecem básicas, simplistas e desprovidas de alguma falta de percepção de onde está na mão, ou melhor, onde estão os seus adversários!
Sinceramente, depois de conhecer por dentro linhas de pensamento de jogadores como a Annette ou o Sorel Mizzi... sinceramente, nomeadamente no jogo pós-flop... é tão radicalmente gigante a "distância" entre eles(o que me surpreendeu sinceramente)!
Bom, de qualquer das formas o livro tem coisas bastante boas. Acho que o Gus é muito bom na parte matemática e a esse nível ele capacidades acima da média.
Considero a defesa de blinds dele muito interessante, nomeadamente se diminuisse uns 15/20% na percentagem de vezes que o faz!

Bom, seja como for, não deixa de ser um dos melhores jogadores live de torneios com resultados inegáveis e acho que o livro acaba por ser uma leitura a não dispensar.

E voltando ao início... quando falava na mutação que os jogos online têm tido, penso que, se acontecer o que aconteceu com os harrington, se muita gente tentar em vez de jogar à Harrington, jogar à Gus, irá ser muito interessante para o poker!
É que uma coisa é incorporar ou copiar como lhe queiram chamar um estilo onde pós-flop temos menos problemas porque jogamos mãos mais sólidas, temos melhor imagem etc...
Outra coisa é tentar copiar este livro, ou a abordagem seguida neste livro... é bem menos fácil de "copiar" apesar de, por ser o Gus Hansen... me parecer que imensa gente o irá fazer! O que me parece que vai acontecer é muitos jogadores sem grandes pos flop skills a colocarem-se em situações muito complicadas sem saberem exactamente o que fazer! Well... iremos ver!





Daqui a dois dias parto para Londres para o WSOP Europa... :)
simplesmente aquele que para mim é o melhor torneio do mundo actualmente!
Enquanto que num ept podemos encontrar 1 ou 2 pros na nossa mesa, aqui será muito difícil não encontrar 3/4/5 estrelas!
Field mais difícil de sempre... experiência única obviamente!

Por favor... sem bad beats nojentassssssssssssssss"#$$%(/&%$&/()/&%$#$%&/(/&%$ Com Top Segrob no flop contra riversssssssssssssss doentios! :)
(Para quem não sabe... 1 Segrob é o que eu chamo ao que as pessoas normalmente chamam trios :p tipo Top Segrob, Segrob over Segrob, Middle Segrob... :) Vá-se lá saber porquê... :))


Vamos Tugas todos a sacar muitos Segrobs... e sem S....biar! :)



Abraços.
 
posted by oversleep at 18:25 | Permalink | 1 comments
sexta-feira, 12 de setembro de 2008
EPT de Barcelona ... 2 outers suckout no primeiro nível... :(
Feio... muito feio...

Chego à minha mesa 10 minutos antes, tou sereno, concentrado, motivado... começo a assinar a folhinha e enquanto os jogadores vão chegando começo a analisar um a um...
Gostava de ter caras conhecidas na mesa...nomeadamente live pros, mas não, tudo unknowns e, depois de todos sentados na mesa... a primeira impressão que tenho é que estou numa mesa acessível... Não vejo confiança nos olhares, não vejo experiência, dois ou três senhores de idade, uma jogadora que parecia completamente perdida... Vejo apenas dois jogadores que me parecem "regulares", um com aspecto tipicamente escandinavo e um oriental super bem disposto/confiante...
De qualquer das formas, isto é apenas o perfil base... o briefing, vamos ver se essas "reads" se confirmam.
Depois do shuffle up & deal, passada a primeira mão que nunca jogo (era 10c6s desta vez) ... sucedem-se mãos onde me apercebo que a acção dominante na mesa vai ser limp/call... e as duas ou três mãos em que houve raises/re-raises foram mostradas mãos legítimas como AK e QQ.
Já tinha percebido de início que esta não seria propriamente a mesa com 3bets/4bets light & aggro stuff like that... well... tirando eu e talvez o mister scandinavian ... que felizmente estava à minha direita.
Jogo duas mãos exactamente onde apenas vi 2 flops "ao lado"... até que, passados aproximadamente uns 30 minutos do início do torneio tenho QQ.
Raise MP 150 e o button, senhor para os seus 50 anos re-raise para 350... :)
Contra este perfil... NUNCAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA in my life faria 4bet já que obviamente o senhor gosta muitoooooo da sua mão.
Tenho portanto plano completamente definido para a mão pós-flop:
Just Call e Play for set mining; Quando missed flop dependendo da acção/reads/tells check/call a uma bet em ragged flop e check/fold turn, fácil, sem grandes stresses e sem me envolver em situações desnecessariamente perigosas contra um perfil que pretty much ever... tem AA,KK,QQ, AK aqui.
I Flop it... Q92 rainbow e penso eu para os meus botões, será que és daqueles que play for stacks neste nível com 200 bb's deep com AA, KK? Espero que sim.
Check, ele 750 com grande confiança... e aqui já se torna óbvio para mim que ele tem AA ou KK... tal a confiança/velocidade. Faço check-raise para 2200 e o nosso amigo vai mesmo jogar para toda a stack com essa mão já que... ainda as minhas fichas estavam a tocar a mesa e já ele estava de braço esticado com toda a stack...
2º look... sim, são mesmo QQ, é mesmo nuts... Call.
AA... péssimo... tens 2 outs.
Turn x...
River A...

Todos nós já levamos bad beats, todos nós já levamos grandes suckouts nas mais variadas situações... mas isto doeu tanto. :(

Que raiva... foi tão feio!

Normalmente sou daqueles que superam bastante bem as bad beats, coolers etc... esqueço, next, siga.

Aqui nem foi por ser num EPT, porque sei que irei ter mais oportunidades de jogar torneios grandes e este foi apenas mais um... mas o que realmente me custou, e mal as fichas entram na mesa começo logo a pensar nisso, foi pensar o que seria eu jogar como chip leader desta mesa com 400BB's contra estes jogadores... iria ser avassalador e poderia dominar completamente esta mesa, que, já por si só, me parecia bastante acessível. Era o início perfeito de um torneio que podia ser... épico.
Mas não foi... 8% takes it.

:(


Poker é duro por vezes... Para esquecer...


Vou descansar uns dias e começar a pensar no WSOP Europa, aquele que para mim neste momento me parece, de longe, o melhor torneio do mundo... espero ter menos azar em Londres!

See u... ;)



P.S: A melhor das sortes para o resto do pessoal que passou ao dia 2, espero mesmo que dê muitooooooo... para todos eles, VAMOSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSS!!!

GOGOGOGOGO DIOGO!!! (Quero aulas sobre como flopar sets... :) ... hummm e como não levar a pissada para 2 outs...)
GOGOGOGOGO JOÃO!!!
GOGOGOGOGO POÇAS!!! (Such Nice stack... vamoooooossss!)
GOGOGOGOGO BESSA!!!
 
posted by oversleep at 01:10 | Permalink | 5 comments
segunda-feira, 8 de setembro de 2008
Solverde Season @Algarve & EPT Barcelona NEXTTTTT...
Busted em 23º... :)

Blinds altíssimas, 4 ou 5 blinds... folded até à SB, Any two shove spot e a BB acorda com QQ, bahhh, lucky me... not. GG...
Já tenho um currículo invejável de 23º, 22º e 24º... penso que já são uns 5 "quase bubble". (Cid a roer-se de inveja) :)

Torneio calmo na primeira mesa mas sem grandes spots para construir potes grandes. A partir da altura que fui para a segunda mesa... blinds 400/800, 600/1200 stack de 15k aproximadamente comecei a jogar hyper agressivo e acabei por dobrar a stack sem um único showdown em 4/5 mãos.
Esta fase em torneios é verdadeiramente importante e não me deixei "enterrar" no 10bb's poker e, assim, acabei por continuar bastante saudável no torneio até às 3 mesas finais.

Other than that... chego ontem tarde e mal a casa e ao abrir o pokerpt deparo-me logo na primeira página que leio com comentários depreciativos a membros da equipa betfair.
Muito sinceramente para mim é difícil digerir esta tipo de crítica fácil e destrutiva, mesquinha, sem conhecimento de factos e, acima de tudo, injusta.
Porque é que alguém se dá ao trabalho de ir comentar num fórum apenas para deitar abaixo, injuriar, criticar... assim... gratuitamente?
As pessoas no msn dizem-me que não devo ligar, devo ignorar e que apenas são comentários de pessoas com inveja e que "Estás acima disso e todas as pessoas que são boas em algo como tu és têm haters!"

São situações como estas e pessoas como estas que me fizeram perder a vontade de escrever no fórum pokerpt, onde era "regular", por muito que me custe dado que é gerido por amigos meus como o Jomané, o Caco ou o Pedro, mesmo sabendo o quanto gostavam que voltasse.

De qualquer das formas, se formos a falar em resultados, o Diogo é jogador de cash e, sem dúvidas para mim, um dos melhores a nível nacional a este nível. Joga NL500, NL1000... quantos jogadores jogam esses limites ou acima como regulares e profitable em Portugal? Contam-se pelos dedos de uma mão.
Para além disso em torneios teve a excelente prestação que teve no WSOP main event e tem mais um ou dois ITM's nos torneios nacionais.
A Mafalda está facilmente/obviamente nos top3 nacional de jogadoras femininas, ganhou o torneio everest feminino e tem mais 3 ou 4 cashes em torneios, incluindo Final Table. Está neste momento a aprender/evoluir em cash games online e ainda ontem estava com 5 BI's numa mesa apenas!
Quanto a mim, os meus resultados em torneios ao vivo estão no link Live Results no menu do lado direito deste blog. Será que são assim tão maus? Para a pessoa em causa possivelmente sim. Eu, sinceramente, estou bastante contente com eles para quem joga poker há pouco mais de 2 anos. Não há muita gente com maior número de cashes em pt. Tenho torneios ganhos, tenho final tables... sinceramente, se não tivesse não estaria preocupado, mas é um facto, tenho. Online jogo NL500 e como algumas pessoas sabem, com um profit no mínimo "muito bom" que nem vou mencionar, sem falar nos torneios ganhos em várias salas.


Não quero aqui elaborar currículos detalhados das pessoas visadas ou nada que se pareça porque no fundo não faz sentido...
As mentes mesquinhas e pouco evoluídas que elaboram estas críticas fáceis e desprovidas de qualquer fundamento outro que não seja a vontade de criticar pelo prazer do acto poderiam informar-se um pouco mais e, acima de tudo, colaborar de uma forma positiva na evolução do poker nacional... o "deita abaixo" nunca teve grande impacto, pelo menos positivo, no PIB nacional.


Peço desculpa por este "tema" sobre o qual não deveríamos sequer debruçar-nos, mas é um facto que este tipo de atitude/mentalidade me deixa triste, mas pronto, é um pouco a mentalidade que temos no nosso país.




Estou de partida para o EPT Barcelona. Primeiro torneio da Season, o field vai estar muito difícil de certeza com a maioria dos pros presente, tudo mega motivado, ambiente muito bom, vai ser espectacular de certeza! Muito boa sorte para todos os Tugas!


Abraços,
Oversleep.
 
posted by oversleep at 15:14 | Permalink | 7 comments