<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d6422818757094739375\x26blogName\x3dOversleep+Poker+Blog\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://oversleeppoker.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://oversleeppoker.blogspot.com/\x26vt\x3d1085140569499982408', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>
terça-feira, 23 de outubro de 2007
EPEC - Oversleep is Overwhealmed...
... really overwhealmed ... big wow.

Foi sem dúvida um fim de semana que não esquecerei por vários motivos:

- Mais uma experiência internacional com jogadores multifacetados, vários estilos, várias abordagens e vários níveis de jogo (oportunidades de discutir abordagens ao jogo com jogadores de outras nacionalidades, havendo por exemplo um jogador com quem discuti imenso sobre as ideias dele a nível de análise de live tells, característica em que ele me pareceu muito bom, foram sem dúvidas conversas super interessantes e pedagógicas);
- Torneio com um número assinalável de jogadores acima da média/bons;
- O convívio e apoio da comunidade portuguesa presente - excelente (e surpreendentemente no segundo dia tive também apoio de mais jogadores de outros nacionalidades, alemães e holandeses, YAAAAAHHHH).
- Prémio monetário: 12.000€, definitivamente um bom prémio para um fds;
- Classificação final, Final Table, 3º lugar, desapontante porque senti que estava a lutar mesmo para vencer e sentia que isso era uma forte possibilidade, mas de outra forma, contente, já que, não deixa de ser uma excelente classificação;
- Nível sempre bastante alto a que joguei tendo passado por decisões muito complexas e tendo superado positivamente todas ou quase todas elas, estou muito contente e orgulhoso de folds que fiz, de calls que fiz, de bluffs e semi-bluffs que fiz... e sinto que não joguei na perfeição em apenas duas jogadas durante o torneio, mas foram potes pequenos que no âmbito geral foram insignificantes;
- Oportunidade de conhecer novas pessoas que, em casos pontuais, me marcaram bastante ...


Torneio EPEC em Vilamoura, organização fantástica, ambiente fantástico, director de torneio de luxo Thomas Kremser (uma classe, nível e serenidade insuperáveis) apoiado por outro director de torneio do mais alto calibre mundial :) João Nunes (manda 500$ :p), 8k fichas iniciais com antes e níveis de 30 minutos.

O meu torneio... falando apenas de algumas das mãos mais interessantes.

Mão 1
Sem recordar detalhes precisos das quantias apostadas A primeira mão que joguei foi a ignição perfeita para este torneio a nível de confiança pessoal!
1º nível, após um raise 150 e 1 call fiz call com J8s no cuttof. flop traz-me um 2º pair, com Q8x, checked to me, apostei um pouco mais de 1/2 pote aproximadamente e o jogador que tinha feito call ao raise faz call. Turn traz uma nova Q e ambos fazemos check. River vem um A e o jogador dispara uma aposta alta q não me recordo, mas em que o pote total ficou bem grande para este nível, a chegar às 2000 fichas... eu após pensar no desenvolvimento da mão e pela expressão dele e check no turn(ele apostava maos em que batia - vi 2 maos assim dele) eu achava que ele não tinha Q, e esta aposta no river quando aparece o A tb não parece muito consistente com nada de especial da parte dele, talvez A8s... mão com que faria check/call no flop... havendo apenas uma mão que eu temia aqui... achei que a possibilidade de ele me estar a bluffar era grande... e fiz o call, ele mostra J10... nice call com 3rd pair e mão perfeita para iniciar 1 torneio com confiança e tb, já agora, dando 1 boa imagem à mesa!

Mão 2
Mão contra o mesmo jogador da mão anterior, que após o que vi dele em 3 mãos comecei a construir um perfil dele como: aggressive, bully, bluffer (in obvious spots).
Nível 50/100 ele faz raise para 300 eu faço call em posição com Q9paus no button.
Flop JJ4 ou JJ3 ele faz check e decidi aqui tentar levar este pote e representar o J já que a possibilidade de ele ter um J aqui é pequena... aposto 450 no pote de 750 e sou "presenteado" com um check-raise para 1000.
Ora, surpreendentemente não fiquei surpreendido com este check-raise e aqui sei que, pelo perfil do jogador que posso estar a ser bluffado em grande... ou ele realmente pode ter um J.
Mas eu sentia que a 1ª hipótese era muito mais credível... e dessa forma, let's kick aggression! Tentei construir mentalmente a imagem daquilo que poderia ser a expressão de um jogador que tinha AJ e actuei como se fosse essa a minha mão!
O possível teatro que faria antes de fazer raise...o olhar para o adversário e perguntar-lhe se tinha um J... induzi-lhe um J na minha mão e um pensamento "olha este a tentar enganar-me"... tentei demonstrar alguma exitação e tal, e comecei depois a juntar fichas para o lado... e respondi com um re-raise para 2600 onde ele praticamente faz insta fold.
Aggression is the key. A minha nothing hand possivelmente acabava de afastar uma mão melhor.

Mão 3
1ª really big hand. Nível 100/200
Pote de limpers, uns 5/6 penso, e eu na SB faço o complete para 200 com 56 de copas, BB check e vamos ver o flop.
Flop J62 e todos os jogadores fazem check.
Turn 6, tenho trio de 6 e decido preparar-me para um check-raise, já que sou o 1º a falar e a faltar tanta gente... alguém apostará certamente.
A BB faz uma bet minima de 200 ao que todos os jogadores foldam e, chegando a mim, faço então check-raise para 800. O jogador surpreende-me então com um re-raise para 2100...
wow... aqui alarmes começaram a soar na minha cabeça!
Perguntei-lhe "can you beat a K kicker?" a tentar representar um kicker muito melhor do que o meu... para ver se conseguia um free showdown... ou alguma reacção de medo se o kicker dele fosse inferior. Ele sorriu mas não respondeu.
Este jogador estava na BB portanto pode ter qq duas cartas e dessa forma ter obtido uma jackpot board... para além disso, ele era super tight e pós flop as vezes que apostava era sempre com jogo, SEMPRE!
Estou preocupado aqui... verdadeiramente... mas neste spot é muito dificil abandonar uma mão destas e decido fazer call a pensar em reavaliar a mão no river... river esse que eu só queria que me trouxesse um 2, 5 ou 6(se bem q já estava a sentir que o meu adversário tinha um 6...e portanto... não há mais no baralho)!
Basicamente eu demonstrei imensa força com o check-raise e call ao re-raise dele! Portanto aqui é óbvio para ele que eu tenho q estar forte para isto ter acontecido!!!
River, ele vai allin de 5200 fichas... era praticamente o meu allin, eu tinha pouco mais... e fiz de novo um backtracking todo da mão até ai... e após pensar uns 2 ou 3 minutos... fiz fold e mostrei-lhe a mão... 56... foldei um trio.
Nesta altura só dizia na minha cabeça "so sick, so sick, so sick"...
Tenho a noção que muitos jogadores não fazem este fold, mas a minha linha de pensamento é esta:
Jogador com o perfil dele, que estava na BB, que me viu a demonstrar força e veio para cima de mim tendo essa informação, ali tinha que ter o meu 56 batido... eu apenas tinha 2 kickers inferiores e alguns kickers que empatavam... mas como a mão desenvolveu e pelo perfil dele... acho que ele só faria isto com J6,106 ou 26... e a pior mão com que faria este allin no river era um A6 com top kicker para o 6!!!
Um fold brutalmente complicado... mas ali na minha cabeça eu só tinha uma coisa na minha cabeça: overfuckingownage! Acabaste de conseguir foldar um cooler oversleep.
O jogador ficou surpreendido com o meu fold e comecei a falar com ele... e disse-me que não podia dizer-me o que tinha... mas disse que estava prometido que no final do torneio me diria o que tinha naquela mão!
Após um dos breaks ele descaiu-se um pouco... e praticamente "a minha read" do que ele disse deixava-me mais confiante.
Ele disse-me que tinha estado a falar com amigos e que os amigos lhe tinham dito que só um grande jogador tinha capacidade para fazer um fold destes... bem a read é óbvia aqui... se ele disse-se aos amigos que a minha mão estava a frente... obviamente que os amigos me iriam considerar um donkey... e não diriam que foi um grande fold... portanto... kind of obvious.
Mais tarde no torneio...após o jogador ser eliminado... ele nem cumprimentou ninguém na mesa... e parecia que estava a explodir para me dar a notícia, a agradável notícia e utilizou aproximadamente estas palavras:
"I'm so happy to say this to you. You made a huge huge fold! Not every player can make that fold, I wouldn't do it! I had 610 and made a full house on the river!"
So goooooooooooooooood to hear... fiquei mesmo contente ao ouvir isto... foi a sensação de ganhar um torneio... huge folds & huge calls have to be made! yes yes yes yes yes... I'm happy.

Mão 4
Nível 1000/2000 +antes. Faço raise late position para 5500 com 66.
Um dos jogadores nas blinds vai allin... e começa aqui a minha 2º decisão mais dificil do torneio.
Eu tinha umas 14000/15000 fichas atrás... o que é uma stack já algo apertada para este nível... e o allin dele representava praticamente o fim do meu torneio... deixando-me com menos de 1 blind!
Pensei, pensei, pensei, pensei... olhei para ele... e tomei a decisão de fazer o call e colocar todo o meu torneio nesta mão.
Pq?
A expressão dele, o sorriso dele eram tão tão óbvios que estava cheio de medo... tão "strong means weak and weak means strong!" a expressão dele gritava alto e bom som... "tenho que parecer forte... mas tou cagadinhoooooo de medo!"... isto é... range em que o coloco aqui:
Any pair 22-88, A2-A10...talvez AJ nesse range... mas a expressão dele não é de 99,1010 e mto menos de JJ-AA! Ele tem medo... nota-se a milhas!
De qualquer das formas o range dele ainda me assusta... nomeadamente 77 e 88!
estou bem contra 22-55, estou em race contra 2 overs e estou mto mal contra 77/88.
A minha vontade de ir longe no torneio, o meu objectivo em qualquer torneio é ganhar, só esse, ganhar! E desta forma preciso de fichas!
Fazendo um fold aqui fico com 7 blinds ainda... mas, a entrar numa fase muito complicada e no desespero...basicamente.
Desta forma, e pela minha forma de pensar, eu quero fichas e não me importo de correr um risco aqui para poder lutar por esse objectivo!
Isto é, o meu pensamento é, pelo range que eu coloco o meu adversário...estou mto mal contra 77/88... e estou mto bem contra underpairs... e let's race contra Ax type of hands!
Não me importo de correr este risco... e após pensar imenso tempo... I call.
O meu adversário mostra A10... e apesar de ainda ter que superar uma race... fiquei contente e dei até um salto ao ver que não estava crushed!
Ganhei a race and... yeahhhhhhhhh chips!!!


Sad news, o Reis ficava pelo caminho prestes a entrar no dinheiro, em 38º. :( gg Nuno.

Mão 5
Já no dia 2 onde entrei shortstack com 24k fichas... e nível violento de 1500/3000... estava em desesperado mode trying to find the spot to double up! E o primeiro e crucial double up foi...
Desci até as 17k fichas... e Q10 hand late position is a monster!
Allin, call do chip leader com AJ... chego ao river com J,10 e Qs como outs... e uma linda Q dobra a minha stack! 1ª bad beat que dei... e única... se bem me lembro!

Mão 6
Não me recordo mto bem das stacks... Mão seguinte tenho KK faço raise e a SB vai allin... e a BB faz call ao allin da SB... ohoh... problems...
Não estou assustado de estar atrás, não me parece que esteja... mas sei aqui que vou ter q jogar a mão contra 2 jogadores... o que aumenta a hipótese de bad beat!
Faço o Re-raise allin sabendo que obviamente o jogador iria fazer call, já que estava commited.
Mãos A10 e 1010... talvez tivesse gostado mais de ver um A em cada uma das maos deles... mas pronto... let's dodge Aces & Tens... Good luck.
A menina Vanda (dealer) teve que fazer das suas e trouxe um A no flop... que balde de água fria...
Multidão à beira da mesa a assistir...

Turn... um dos momentos que não esquecerei do torneio... KKKKKKKKKKKKKKKKKKKK!
Basicamente foi arrepiante este momento... todos os tugas e também alguns estrangeiros(that was so... wooooooowwwwwww) mandaram um grito de felicidade... foi lindo mesmo... arrepiante!
Depois no video ver a cara de felicidade da Vanda a dar o K... tambem foi mto cool! Ty dealer... :)
Obviamente que todos os dealers foram super profissionais... e fizeram um bom trabalho. Mas deixar escapar um pouquinho de emoção também não faz mal a ninguém.
Já agora outro momento deste género foi com o Tiago a dealer... onde ganhei um coin flip a um jogador com AJ contra 44... allin pré e o Tiago comprimenta-me... :) ligeiramente efusivamente... loool e depois vira-se para o outro jogador e meio envergonhado e percebendo que talvez se tenha excedido um pouco... diz-lhe "Sorry..."... :) Foi muito fine! Tks Tiago... ele não ficou chateado e compreendeu! :)


Mãos 7...
Daqui até à Final Table joguei poucas mãos apenas roubando algumas vezes jogadores que mostravam estar a lutar para lá chegar by folding... e tive 1 ou 2 raise/re-raise/allin com mãos em que era claramente favorito.

Chego à FT com um stack razoável ligo o IPOD ouço umas das minhas músicas preferidas e alheio-me da pompa e circunstância que rodeava aquela mesa... e com o IPOD com volume máximo ao som de Portishead - Roads, e, inside my head... grito alto e bom som: Ganhar, ganhar, ganhar, ganhar, ganhar, ganhar!

Basicamente nesta FT não tive mãos e penso que dada a minha run de cartas... acho que fiz uma boa FT e tou bastante contente com a forma como joguei. Falando apenas sobre as mais interessantes...

Mão 8
FT - O jogador francês do button faz raise com 55, eu BB faço shove com A10 que era aproximadamente 3.5x o raise dele... ele pensa e faz um call com 55... que não gostei muito, acho que é um mau call, dadas as stacks, situação do torneio, minha imagem etc...
Felizmente venci a race.

Mão 9
FT - tenho 88 e há um raise para 120k, aqui tenho uma stack bastante boa e fico com bastante dúvidas se faço re-raise ou call... o problema com fazer reraise é que fico commited e vou ter que jogar um pote imenso e jogar o torneio ai... não quero isso neste spot definitivamente.
Decido fazer apenas call, tenho posição... e avaliar a textura do flop e movimentos do meu adversário...
Após isto a mão toma contornos "titânicos"... com um jogador short a ir allin e logo a seguir um call... ora.... esse allin era pouco superior aos 120k... e a coisa complica-se!
O raiser inicial faz o óbvio call (salvo erro era de 160k, mais 40k portanto) e eu também... e ai estou eu... num pote brutal com 88... wowww... Dá-me um 88888888888888888888!
Flop 626 ...
2 jogadores allin... só eu e o jogador francês para falar... eu tenho 380k/400k atrás...
O jogador francês faz check.
Ora... com um pote brutal à minha frente e com um check aqui... I got to try it... Não posso dar mais cartas ao meu adversário e quero tirá-lo da mão! Vou allin e quero tirá-lo de todas as mãos q ele possa ter com 2 overs... e vou ser called por overpairs... se bem q eu acho que ele apostaria um overpair aqui... pq com 1 pote destes e com toda a gente a demonstrar força...não me parece que ele também queira ver mais cartas(se estivesse nesse range)!
E assim acontece... ele faz fold.
Isto é... vamos ver agora as mãos dos 2 jogadores allin... AK e Q10... hummm... tuff, cartas a mais para evitar.... muito dificil a mão aguentar-se! Gostaria muito mais de ver um AK, AQ ou alguma mão com cartas partilhadas...
Turn K... e pronto... lá escapou o pote das minhas mãos! big hand.

Mãos 10...
Tal como disse não tive absolutamente mãos de todos... e a minha stack foi mantida com steals e re-steals a limpers e late position raisers. Mostrei todas essas mãos ao chinoca que estava ao meu lado e ele viu o lixo de mãos que eu estava a ter. O jogador mais sacrificado com isso foi o jogador francês que estava a jogar muito loose e foi punido imensas vezes com shoves de 84 ,73 ,Q3 e all type of crappy hands que tive e que com elas levei estes potes importantes obrigando o meu adversário a foldar.

Mão 11
FT, salvo erro nível 20/40k mais um dos habituais limps do jogador francês na SB e eu na minha sequência de "agora faço apenas check, agora faço steal/re-steal", decidi nesta mão ir ver um flop e fazer apenas check.
Tenho 68off.
Flop AK2 rainbow. Ele faz check e decidi aqui representar que a minha BB foi uma BB special, e apostei 55k. O jogador pensa um pouco e faz-me check-raise para 125k.
Ora, eu aqui sei exactamente o que vai na cabeça deste jogador... 99% shure!
Ele está a pensar... "tu não tens um Ás, se tivesses um Ás tinhamos feito raise depois do meu complete como tens feito várias vezes!" ... e sinto aqui que estou a ser blufado... e que ele tem complete air, nada, niente, nadinha...
Desta forma apenas contabilizei a minha stack para saber se ainda tinha fold equity e tinha definitivamente, não me recordo mas acho que passava ligeiramente de 300k!
So... let's kick the aggression...
Juntar todas as fichas e.... allin. Basicamente estou a dizer (entre aspas) ao jogador francês "Pois é... tu pensas que eu não tenho um Ás, mas olha que eu tenho mesmo, enganaste-te!" ... e a pensar para mim "Folda lá a tua crappy hand... eu sei que não tens nada... overownage babyyyy"... Ele faz um teatrinho a pegar em fichas e tal... mas aconteceu o que eu sabia e acabou por foldar a mão e levei um pote brutal apenas jogando o jogador.
Decidi aqui mostrar o bluff (ao contrário de todo o torneio onde não mostrei nenhum bluff ou outra qq mão e de sempre... não gosto de todo de mostrar mãos!) porque acho que o jogador foi tão crushed nesta mão que ao mostrar isto ele não vai ficar bem, acho que o vou conseguir tiltar pelo menos um pouco... e achei importante mostrar-lhe a mão! Alguém me disse atrás "Awesome... big balls poker!"
Nice hand oversleep.

Mão 12, final
Blinds sobem para 40/80... tenho já praticamente 4 blinds só... o jogador francês faz raise e eu com K10 sei ali que está muito a frente do range habitual de um jogador tão loose como ele e fiz insta push... mesmo sabendo que ele estaria commited para fazer o call.
Ele ainda suspira... e vejo logo que não tem nada... e acaba por fazer o obrigatório call com Q8.
Não fiquei nada surpreendido de estar à frente... mas neste tipo de mãos a vantagem não é tão grande quanto isso, anda aproximadamente em 60/40% e sadly, um 8 logo no flop destrui o sonho e deitou por terra a vontade tão grande que tinha de ganhar este torneio!
GG oversleep... cumprimentar os 2 adversários que estiveram muito bem, foi um jogo 3-handed bastante interessante e ambos foram muito simpáticos com aquilo que me disseram.


Não há palavras para descrever o que senti ao abandonar a Final Table e ver escapar a vitória... por tão pouco...

http://www.youtube.com/watch?v=VFLF-gh4C2M


Depois disto aconteceram algumas coisas que me deixaram brutalmente surpreendido e sem palavras para responder ao que me era dito.
Basicamente uma imensidão de pessoas de várias nacionalidades jogadores, praticamente todo o staff da everest e sei lá tanta gente... me veio dar os parabéns pelo meu jogo, e recebi tantos elogios... senti-me tão envergonhado e sem palavras para responder a essa gente toda...
Desde dizerem-me que fui o melhor jogador do torneio até elogios à minha forma de estar dentro e fora das mesas recebi elogios de todas as formas... jesus... fiquei tão... speechless.
Já agora outra coisa... que me deixou também wooowww... foi a quantidade de entrevistas: sic, tvi, correio da manhã, revista J do jornal o Jogo e revista que sai com o JN/DN ao fim de semana... isto para não falar das habituais poker interviews para o pokerpt (e blog everest).
Se bem me conhecem... este não é propriamente o meu mundo... :(
Tentei o meu melhor para fazer um gg :) ... mas não estou obviamente como peixe na água nesse mundo... ouch. Apenas quero ser um humilde jogador de poker... just that. :( sick.


Como já é hábito o meu "resumo"... alongou-se... se alguém consegui ler tudo e chegou a esta parte...
1 agradecimento especial a todos os que apoiaram durante o evento em Vilamoura e online e a todos que mandaram sms e telefonaram a apoiar! Really thanks a lot! Won't forget it soon.


Algumas fontes de cobertura do evento...
http://torneios.pokerpt.com/t12-epec-vilamoura/index.html

http://www.everestpokerblog.com/epec


Nya-Mike ownage:

http://pokerptvideos.com/c87-2007-vilamoura/v842-epec-2007-vilamoura-resumo.html



GG sir.

http://noticias.pokerpt.com/1-jogadores/464-3-lugar-no-epec-de-oversleep-prestigia-poker-portugues.html


Fair well,
Oversleep.
 
posted by oversleep at 00:12 | Permalink | 18 comments
terça-feira, 16 de outubro de 2007
Vitória torneio 11$ 1rebuy 1addon - 3450$ & Solverde #9 review!
GG oversleep. :)

3450$ 1º place no 11 1r1a com 621 jogadores.

Zumy & Chambre - Esta vitória é dedicada a vocês os dois!

Queria também agradecer a toda a gente que ficou a apoiar no skype, msn e no chat do torneio até que o acabou e também aos que cairam pelo caminho, já que acabou já de madrugada! Really tks guys. ;)


Este torneio foi really tuff, nomeadamente quando estava 3-handed, os meus 2 adversários eram bastante bons e foi realmente um jogo mto bom desde essa altura!
Houve realmente mãos muito interessantes e mal tenha tempo vou colocar aqui as mãos mais importantes!
Senti algumas dificuldades nesta fase final porque quando cheguei à final table já não dispunha de timebank para pensar antes de tomar as minhas decisoes, um "contra" bem grande para mim mas que acabei por conseguir superar!

Desde quando estavamos 11 jogadores alguns dos jogadores propuseram chop e nomeadamente quando estavamos só 3 e 2 jogadores surgiu essa hipótese no chat mas eu não estava minimamente interessado, primeiro porque nunca fui muito apologista de fazer chop, segundo porque sentia que, apesar de estar a jogar contra 2 bons adversários, sentia que tinha capacidades para os conseguir ultrapassar, felizmente assim foi! :)


Tenho sentido nos últimos tempos que o meu tournament game está a atingir um ponto de maturidade bastante grande e onde consigo mais frequentemente criar stacks grandes nos early e mid stages dos torneios.
Penso que o periodo de abstenção de torneios e concentração total em cash games me tem ajudado nesse sentido de duas formas:
1º - Ter-me distanciado um pouco de torneios fez-me confirmar o quanto gosto de torneios e fez-me voltar com "pica" redobrada;
2º - O focus mais aprofundado em cash games e a abordagem obviamente diferente ao jogo ajudou um pouco no melhoramento do meu jogo pós-flop em torneios (possível tema para posterior post);

Por exemplo este fds, neste último torneio da época solverde praticamente desde o início do torneio até à noite pela hora do jantar fui chip leader ou estive sempre nos 5 primeiros e não cometi 1 único erro, consegui praticar o poker mais error free e optimizado que me lembro de ter praticado desde que me conheço!
Desde obrigar adversários a foldar mãos melhores (22 obrigar JJ a foldar em KK88x board) a obter max value de mãos que em situações normais nunca conseguiria a stack do adversário (Q6 board Q68, turn Q,river 8, consegui levar 1 adversário com big stack, completamente deep a perder toda a stack com o full house inferior com o 8... seguindo 1 linha na mão que nunca o faria acreditar que eu tinha um Q) desde meter as minhas fichas em todas as situações favoráveis possíveis que encontrei etc etc...
Tudo perfeito até à altura em que o poker desvanece a favor da rapidez da estrutura turbo do torneio e em que levou 1 bad beat num pot bastante grande onde o meu call com 99 a allin pré de 55 bate numa board xxx5x.
1 mão só perdida e tudo muda, depois disso todo o bom poker praticado até ai é irrelevante e passei a ser apenas mais um jogador em allin mode e a entrar na verdadeira roleta que é o poker de 2 botões: allin or fold.
AK na sb com 10 big blinds, obviamente só tenho um movimento, a bb pensa e faz call com 99... e assim acabou um torneio de forma tão inglória aproximadamente no 40º lugar.

2 pessoas me disseram neste torneio que fui o jogador que melhor poker praticou neste torneio, eu humildemente agradeci, obviamente que é bom ouvir isso, mas a única coisa que pensava era, de que serve se depois tudo tem que se decidir em movimentos pré-flop com skill = 0 onde qualquer automato previamente programado consegue executar as acções que devem ser tomadas mediante o nosso jogo e stack pré-flop?
Não serve de nada jogar bom poker numa estrutura turbo porque o factor sorte tem uma importância grande demais neste tipo de torneios! Basta ver os M's da mesa final todos inferiores a 10, das 2 mesas finais ou por exemplo do HU final... ou a determinada altura cada jogador não tinha mais do que 13 ou 14 blinds...
É o assunto do costume! Não vou insistir nele.


Well, a good day, ganhar um torneio é bom.

Próximo fim de semana: EPEC

(Para quem não se lembra, torneio em Vilamoura de 100.000,00€ que contará com 6 jogadores portugueses que foram selecionados numa série de torneios online nesta sala para representar Portugal neste evento. Eu estou lá... weeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee!)

GL Portugal!

Fair well. ;)
 
posted by oversleep at 06:22 | Permalink | 10 comments
quarta-feira, 10 de outubro de 2007
Back from Dublin
De volta a Portugal! :)

Tentando resumir aquilo que foi esta experiência, acho que uma palavra chegam para definir esta viagem: Excelente!

Temperatura fria, hotel mediano mas ambiente fantástico na imensidão de card clubs existentes nesta cidade onde se respira poker praticamente 24 horas por dia e onde é possível jogar torneios durante todo o dia, e cash games para todos os limites.
Convivio muito bom com a malta tuga fine que se deslocou a este torneio.

Quanto ao torneio em si... falhas na organização e acima de tudo nas infraestruturas, mas que são compreenssíveis e perdoadas já que trata-se de um grande evento num espaço enorme onde houve várias "medidas correctivas" em cima do joelho... mas seja como for, eu valorizo a organização deste torneio, para 1ª vez, achei bastante positiva, já que, apesar de tudo trata-se de juntar mais de 1000 jogadores num mesmo torneio!


Quanto a poker, overall muito positivo, no torneio principal cheguei deep e fiquei em 190º em 1080 jogadores, cash games bastante positivo também (3 sessões bastante positivas e 1 negativa) e joguei mais um torneio de 40€ com 1 rebuy e 1 addon de 60 jogadores onde fiquei em 4º lugar (deu 400€).

Um fim de semana de poker onde chego ao fim de consciência tranquila e bastante feliz por sentir que joguei o meu A game em tudo em que participei.

Detalhando um pouco o torneio principal e a forma como joguei, há 2 particularidades muito importantes que destaco, já que são dois dos motivos que me fazem sentir plenamente confiante com a evolução que o meu tournament poker actual tem tido e com a sensação de missão comprida:

. A 1ª é ao mesmo assustadora e gratificante (no sentido em que consegui mesmo com esta "desgraça" construir uma stack saudável e manter-me sempre vivo e forte no torneio), essa particularidade é apenas este pequeno "pesadelo":
Desde que começou o torneio por volta das 13h até às 23h vejam só esta coisa incrível em 10 horas de jogo:
AA - 0 vezes;
KK - 0 vezes;
QQ - 0 vezes;
JJ - 0 vezes;
1010 - 0 vezes;
AK - 0 vezes;

Sim, é verdade... estas foram mãos que eu nunca vi... por incrível que pareça!

. A 2ª particularidade é que, consegui fazer um torneio e jogar de uma forma tão agressiva e selectiva de bons spots que, exceptuando as 2 únicas vezes em que cheguei a allin pré-flop (uma com AJ e outra na mão final) nunca cheguei a showdown, isto é, todos os pots que ganhei (tirando o referido allin com AJ) foram ganhos obrigando os meus adversários a foldar! O que para mim é deveras positivo, acho que é algo extremamente importante no decorrer de um torneio conseguir obrigar os adversários a foldar mãos melhores que as nossas, penso que se nos basearmos na força das nossas mãos não chegaremos com regularidade aos lugares de topo em torneios (fiz uma FT num torneio à 1 semana onde aconteceu exactamente o mesmo, em imensos spots onde ganhei pots sem showdown obrigando adversários a foldar).

Desta forma, está aqui provado que, é possível chegar deep e mesmo ganhar torneios sem ter mãos premium em quantidade e passando a jogar com recurso a outras ferramentas como o jogar o jogador e a sua stack, jogar com posição e aproveitar todos os spots para subir a nossa stack. Infelizmente pela altura que sai, o meu M já implorava pela necessidade de ganhar alguma mão em que conseguisse dobrar para sair da stack já algo sufocante que tinha quando fui eliminado, onde tinha aproximadamente 9 BB's.


Inicialmente passei algum tempo com focus total na mesa e a tentar perceber como jogavam os jogadores e, a partir de uma certa altura, senti que já sabia muito bem onde estava com cada um dos adversários e comecei a jogar mais orientado aos jogadores e a jogar menos as minhas cartas. Havia 2 jogadores que eu queria defrontar especialmente porque tinha reads muito fortes sobre eles pré e pos flop.

Desde mãos em que tinha um conjunto de limpers e onde tinha a certeza que não havia trap limp/re-raise nos limpers iniciais e roubava esses pots com mãos marginais até mãos onde levei pots raisados pelo jogador mais loose aggressive da mesa (2 lugares à minha direita) com shove aos late position raises dele por mais de uma vez com mãos como 103, A2, Q4 (que me lembro)...

Mãos onde tinha raisers iniciais loose e callers que iam atrás de ver flops com a desculpa "tenho pot odds" fiz Re-Raises em posição e consegui levar assim imensos pots pré-flop. Pós flop, como tinha já reads bastante fortes de como jogava grande parte da mesa, conseguia afastar imensas vezes os jogadores das mãos em que raramente tinha flops aceitáveis para as minhas mãos.

Tive uma mão interessante num pot grande no nível 200/400, sendo a primeira vez em que pus todas as fichas no centro da mesa.
Há um jogador middle position que faz raise para 1600 e logo aqui já tinha uma leitura muito forte deste jogador que era quanto mais frágil a mão que tinha maior era o raise (mãos premium fazia miniraises ou 2.5x, nunca chegando a 3x sequer, mãos médias tipo A10, 88 e 77 (mãos que vi) fazia raise de exactamente 4x.
Um jogador no cuttof faz call, este jogador bastante tight mas algo passivo, nunca fazia raises ou re-raises tirando com monstros (vi 2 reraises de KK e QQ) e desta forma estou aqui a colocá-lo num range de 66-JJ, A10,AJ,AQ, pelo jogador que mostrava ser aqui faria re-raise com AK, AA, KK,QQ e foldaria tudo abaixo de 66.
Estou na small blind e vejo AcQc e estando com uma stack de pouco mais de 12k aproximadamente que tinha ficado algo "cripled" numa mão onde tinha feito re-raise pré e levei check-raise à continuation bet... estava a precisar de atacar, e senti que, pela read que tinha de ambos os jogadores poderia levar já este pot bem grande de 3800 pré-flop, desta forma fiz re-raise para 4100 aproximadamente, ficando com 7200 atrás. Ora, o raiser inicial foldou e o 2º jogador, após pensar bastante faz call. Os jogadores começaram todos a debruçar-se sobre a mesa para ver a acção num dos maiores potes da mesa até ao momento.
Aqui restringi o range dele bastante, sei que faria fold a A10,AJ,AQ e que também foldaria 66-88, dessa forma, neste momento estou a colocá-lo num range já algo restrito de 99-JJ. Apesar de me preocupar o facto de estar a jogar um pote desta dimensão sem posição, sentia que tinha edge sobre este jogador e que conseguiria afastá-lo em boards favoráveis se a minha mão não batesse.
Flop vem Kd 5d 2d ... flop assustador para o meu AQ de paus, mas ao mesmo tempo se a minha leitura estivesse correcta, acho que este flop também é deveras assustador para ele.
Comecei a mexer nas fichas e a contabilizar a minha stack e a chegar fichas a frente para apostar, tentando demonstrar por gestos(acabando por juntar todas as fichas) o óbvio, a apostar, teria que meter todas as fichas dado o tamanho do pote e dada a minha stack.
Depois desse pequeno teatro decidi dar-lhe um confiante e possivelmente tricky "I'm gonna check!"... nesse momento estava a olhar para ele e senti que ele estava com medo que eu lhe fizesse check-raise e que esta board era mesmo assustadora para ele também... Pena não ter tido esta "read" visual antes... mas tudo bem, fiquei confiante que ele iria também fazer check! E assim foi... no river vem outro ouro, 3d... e após pensar um pouco mais, disse Allin e empurrei todas as fichas para o centro da mesa... isto porque, se a minha leitura estivesse correcta, ele não tinha um A, logo não existia a possibilidade de ter nuts com o Ás de ouros, e não tinha uma Q também logo também não poder também a Q de ouros para 2º nuts. Desta forma, pelo range em que o coloquei, sabia que ele obrigatoriamente teria que foldar 99 e 1010 mesmo que tivesse o 9 ou 10 de ouros (já que eu estava a representar uma mão muito forte onde se incluiam mãos com Áses e possivelmente o Ás de ouros) e quanto a ter JJ, se tivesse o J de ouros, iria ter uma decisão bem dificil para tomar, com 3º nuts... mas sentia também que, pela imagem que eu tinha até ai, muito boa tendo ganho todos os pots sem showdown, achei que ele me iria dar crédito pelo flush superior acima de 90% das vezes! O jogador foldou e felizmente levei este pote bem grande e continuei saudável no torneio.
Quanto à última mão, o meu late position shove com K8 não conseguiu dar uma pequena bad beat que tão bem me saberia num AQ da BB e assim abandonei o torneio com a sensação de missão cumprida e com um poker que me orgulho bastante dadas as mãos que (não) tive.


No torneio em que fiz 4º lugar (60 jogadores, 40€ +1rebuy+1addon, 2500 fichas iniciais, nivel inicial 25/25) tive também uma mão algo complicada.
Também no nível 200/400 estou com 55 no button e faço raise para 1100 e a BB, jogador agressivo fez-me insta call, mesmo muito rápido.
Flop vem 843 rainbow e para minha surpresa o jogador com um rapidez e confiança brutal faz allin instantaneo de 6700 fichas... e então comecei a tentar colocar o jogador em algo.
A minha stack era de 7100 fichas aproximadamente, isto é, "era o meu allin".
Pela agressividade exagerada dele sei que basicamente faria shove pré-flop ao meu late position raise com tudo que fosse par, tudo que fosse Ax e broadway cards também na maioria!
Ora analisando a forma dele jogar e vendo a acção pre-flop e flop não o coloco em nada que me bata!
Não pode ter trios porque tenho grande certeza que me faria o shove pré com pares, não pode ter A8 porque também faria shove pré, não pode ter overpairs, as únicas mãos que me parecem encaixar aqui que me batem são alguns suited connectors como 78, 89, 810 type of hands.
Mas, vendo como ele jogava até ai... tinha uma grande certeza também que ele me faria check-raise com essas mãos à minha cbet, já que era um flop que não parecia ter batido forte num preflop raiser.
Desta forma e após seguir esta linha toda de pensamento, cheguei à conclusão que, após uns 2 minutos a pensar, e já me estarem a pedir tempo, que ele tinha um completo bluff... dificil por todas as fichas numa mão tão frágil como esta, mas se a minha leitura estava correcta, era essa a decisão acertada a tomar!
E assim foi... fiz o call com 55 e ele vira o seu K2 resignado e o meu belo 2º pair aguentou até ao river e recebi o respeito e apreço da mesa com vários "great call man" com sotaque irlandês... que obviamente foram mto bons de ouvir, mas que não superaram certamente a alegria interior de ter tomado a melhor e dificil decisão num momento tão importante e dificil no torneio!
Como diria o Chambre : Overownageeeeeeeeeeeeeeeeeee!!!
Acabei por fazer 4º lugar nesse torneio tendo tido uma final table bastante cold deck e finalizando numa race contra o melhor jogador da mesa em que o meu AQ não bateu o 1010 dele. Parabéns ao vaskituh que chegou ao hu final. gg Vasco. ;)


Tirando isso de realçar o ambiente excelente em card clubs espalhados pela cidade onde a simpatia e hospitalidade das pessoas é tão contrastante com o comportamento dos prestadores de serviços em portugal! Oferecem-nos bebidas, comida e estão sempre prestáveis com um sorriso nos lábios para te ajudar em tudo que necessitares!

Cash games bastante atractivos com jogadores de todo o tipo e acima de tudo onde se consegue jogar bom poker sem ser o habitual "donk abc aposta se bateu folda se não bateu poker" que se joga por cá.

Joga-se limites para todas as bancas desde NL50, passando por PL100, PL200, PL1000, PLOmaha em vários limites etc etc... isto é, para todos os gostos e bancas!

Passei por uma mesa que, apesar de ser um limite baixo, Pot Limit 1/2 foi até hoje a mesa que mais prazer me deu jogar! Era a mesa 1 de uma destas card rooms, mesa essa que tinha q estar sempre cheia e que tinha o maior número de regulares, desde multitablers online a jogadores com grande experiência notória em cash games live! Sai up 300€ nessa sessão... nada de especial, mas excluindo essa parte $$$, foi o jogo que mais gozo me deu jogar até hoje!
Excelentes jogadores, jogo super agressivo, meta-game constante, pouco jogo de limp,call,call,call,call... e mto jogo de raises, re-raises, 3bet pre-flop e jogo deveras complexo pós-flop, muito mas muito evoluido como gosto! Senti-me mesmo bem naquele jogo, onde constantemente eram jogados grandes potes e a agressividade era brutal! Não esquecerei essa mesa nos próximos tempos... brutal! Mto, mto bom!


Overall, experiência muito boa, convivio excelente... venham mais jornadas destas!




Não queria finalizar sem destacar isto: A estrutura do torneio principal!

Portugal, Pokerpt, Solverde, vamos colocar esta estrutura em portugal!

Funciona! É possível!

Estrutura fantástica que permite um torneio de poker, de verdadeiro poker e onde participaram +/-1080 jogadores com duração de 2 dias, sim, 2 dias, a duração dos nossos torneios!

Se eles conseguiram isto com mais de 1000 jogadores, nós também conseguimos com 200!

Esta é a estrutura, e garanto que neste torneio a componente sorte tão importante nos torneios solverde vai ser significativamente reduzida, garanto que vai haver interesse de melhores jogadores em participar nestes torneios, garanto que o poker terá muito mais qualidade e garanto que... a bem do poker... é o melhor caminho para todos!

Cá está a estrutura:

10,000 starting stack and a 40 minute clock.
2 Day Event.
The blind structure is as follows;
12:00 1. 25-50
12:40 2. 50-100
13.20 3. 75-150
14:00 4. 100-200
14:40 5. 150-300
15:20 30 minute break – get rid of “25 chips” - chip race.
15:50 6. 200-400
16:30 7. 300-600
17:10 8. 400-800
17:50 9. 500-1000
18.30 60 minute break
19:30 10. 600-1200
20:10 11. 800-1500
20:50 12. 1000-2000
21:30 13. 1500-3000
22:10 30 minute break – get rid of “100 chips” – chip race.
22:40 14. 2000-4000
23:10 15. 3000-6000
23:50 20 min break
00:10 16. 4000-8000
00:50 17. 5000-10000
01:30…bag chips, secure chips, record chip counts and seat positions etc……

END DAY 1.

DAY 2 Sunday 7th Oct - 1 hour levels (Breaks to be decided on the day…..Prob ten minutes every two hours up to final table at which point we will take the final 9 players across the road to a great restuarant for a good feed and then get back to the action until we have a winner).
14:00 6000-12000
15:00 8000-15000
16:00 10000-20000
17:00 15000-30000
18:00 18000-36000
19:00 20000-40000
20:00 30000-60000
21:00 40000-80000
22:00 50000-100000 - Blinds might be frozen at this level.....We’ll see how its going on the night.



Fair well,
Oversleep.
 
posted by oversleep at 12:38 | Permalink | 1 comments
terça-feira, 9 de outubro de 2007
World Blogger Championship of Online Poker
Online Poker

I have registered to play in the PokerStars World Blogger Championship of Online Poker!

This Online Poker Tournament is a No Limit Texas Holdem event exclusive to Bloggers.

Registration code: 2461048

 
posted by oversleep at 05:06 | Permalink | 0 comments
quinta-feira, 4 de outubro de 2007
Dublin here we go
De partida para a Irlanda...



Estou bastante motivado com este torneio já que tem estrutura muito boa com 10000 fichas iniciais e níveis de 40 min no primeiro dia e 1 hora no segundo. Definitivamente oposta aos torneios com estrutura turbo a que estamos habituados e que prejudicam os melhores jogadores beneficiando grandemente o factor sorte.
Penso que esta estrutura, a correr bem, poderá ser uma valiosa fonte de estudo e análise para os torneios solverde, isto porque assenta num período temporal igual ao nosso: 2 dias.

Aqui está a estrutura:

10,000 starting stack and a 40 minute clock.
2 Day Event.
The blind structure is as follows;
12:00 1. 25-50
12:40 2. 50-100
13.20 3. 75-150
14:00 4. 100-200
14:40 5. 150-300
15:20 30 minute break – get rid of “25 chips” - chip race.
15:50 6. 200-400
16:30 7. 300-600
17:10 8. 400-800
17:50 9. 500-1000
18.30 60 minute break
19:30 10. 600-1200
20:10 11. 800-1500
20:50 12. 1000-2000
21:30 13. 1500-3000
22:10 30 minute break – get rid of “100 chips” – chip race.
22:40 14. 2000-4000
23:10 15. 3000-6000
23:50 20 min break
00:10 16. 4000-8000
00:50 17. 5000-10000
01:30…bag chips, secure chips, record chip counts and seat positions etc……

END DAY 1.

DAY 2 Sunday 7th Oct - 1 hour levels (Breaks to be decided on the day…..Prob ten minutes every two hours up to final table at which point we will take the final 9 players across the road to a great restuarant for a good feed and then get back to the action until we have a winner).
14:00 6000-12000
15:00 8000-15000
16:00 10000-20000
17:00 15000-30000
18:00 18000-36000
19:00 20000-40000
20:00 30000-60000
21:00 40000-80000
22:00 50000-100000 - Blinds might be frozen at this level.....We’ll see how its going on the night.



Este será o maior field em que joguei até hoje em torneios live. Está próximo do número máximo de jogadores previstos, serão em princípio exactamente 1000 jogadores.

Tuff tourney, mas acima de tudo, fun one, for shure.


GL me and all the tugas.


;)
 
posted by oversleep at 16:09 | Permalink | 1 comments
segunda-feira, 1 de outubro de 2007
Dual Monitor
Pois é, chegou finalmente o segundo monitor da pokerstars (28k fpps da pokerstars) e consegui hoje finalmente ter pronto o "sistema" com dois monitores com resolução 1600x1200, resolução esta que dá para 4 janelas sem sobreposição e sem redimensionamento.

Para além de, a nível de poker, permitir jogar 8 ou mais mesas com extrema qualidade, sem necessidade de sobreposição etc... e apenas com uns dias de "testes" actualmente já não consigo usar apenas um monitor já que o ambiente de trabalho fica bastante melhor distribuido e posso ter sempre mais do que uma aplicação visível sem necessidade de minimizar/maximizar/redimensionar janelas. Bastante útil para um informático portanto... mas sem dúvida... muito mais útil ainda para um jogador de poker multitabler.

Aqui fica uma foto dos monitores (Samsung Syncmaster 204B 20'' res. 1600x1200):



Fica também um screenshot que retirei no final de uma sessão de 8 mesas de NL200 hoje à tarde onde fui matar saudades da minha sala preferida, onde já não jogava à algum tempo.
Resolução total da imagem 3200x1200! :)



Dual monitor rules. :)
 
posted by oversleep at 21:25 | Permalink | 5 comments