<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d6422818757094739375\x26blogName\x3dOversleep+Poker+Blog\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://oversleeppoker.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://oversleeppoker.blogspot.com/\x26vt\x3d1085140569499982408', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>
segunda-feira, 12 de julho de 2010
Vegas report...


Back in Portugal...

Como previsto joguei o evento #54 de 1000$ e o Main event, evento #57.

Evento #54

O evento #54, como esperado, por ser o último evento de Nl Limit com o buy mais baixo das world series teve um field bastante grande e regra geral com nível médio/baixo.
A parte inicial deste torneio é algo difícil já que as stacks começam curtas no 25/25 com 3000 fichas, isto é, a rondar o 75/150, 100/200 há vários jogadores shorts em allin mode ou com reshove stack o que torna este período perigoso e propício a situações marginais. Depois deste período e se conseguirmos abandonar a stack inicial e subir às 7k/8k fichas a estrutura "normaliza", já que são níveis de uma hora e com as subidas "normais".

Regra geral acabei por subir a stack de forma mais ou menos progressiva nos primeiros níveis, praticamente sem showdowns. O nível baixo dos jogadores e a forma de jogar de uma boa parte deles permitia compensar a ausência de mãos com pressão nos imensos spots exploráveis: Muitos jogadores a fazer limp já em níveis intermédios gerando muito dead money, alguns jogadores a fazer raises muito grandes ou muito pequenos, 3bet em jogadores que estavam a punir os limps. Acabei por nunca ganhar nenhum pote enorme sendo o maior pote nos primeiros níveis AK contra 44 de um short.
Jogadores estavam a cair a uma velocidade enorme e acabo por ficar muito short quando perco com suckout o primeiro grande pote onde estou envolvido com AK contra AQ pré-flop... Fico bastante short com 7 ou 8 bb's mas acabo por conseguir recuperar e um pouco mais tarde dou também um suckout com 77 contra KK.

O dia 2 foi bastante pacífico, entrei no dinheiro mais ou menos facilmente e acabo por perder na última mão com A9 contra K9 um pote bastante grande da forma do costume... Mão dominada e coelho no river... ele fez flush.
Não me lembro ao certo mas shovei no cutoff ou botão 16 ou 17 blinds com A9s e a SB fica a pensar imenso tempo, a BB faz fold antes do tempo... e já "ficamos só os 2"... Ele começa a tentar falar comigo a tentar tirar informação a perguntar se vi as cartas. Ora eu agradeço porque no jogo do chat e dos tells é mais fácil eu agarrar do que ser agarrado! :) Fico com 100% de certeza que ele não está a pensar com algo tipo A10, AJ, 99... e está a pensar que estou a shovar any two e que se prepara para um hero call com algo marginal tipo J10s, KJo, 44, A2o ou algo do género. Sendo assim.. eu quero esse call, já que tenho uma equity bastante boa contra o range dele... e pensar em chegar às 40 bb's nesta fase com este field soava-me a "é desta" e trato de o "puxar". Começo a simular nervosismo e respondo-lhe agressivamente à pergunta "Do you have the 67s?" dizendo-lhe "Call please... I want you to call!" que para o jogador médio/fraco é insta "Ele está a tentar demonstrar força e está fraco e quer que faça fold!"... e pronto, missão cumprida, consigo que ele faça call imediatamente após a minha resposta ainda por cima com um belo K9 completamente dominado... Mas pronto, flush no river para ele, GG me em 229º dos 3800 jogadores, deu 2300$. Com este field dói sair assim porque poderia ter-me aproximado muito facilmente dos primeiros lugares ou mesa final!
Oh well, tal como no ano passado vou muito deep e faço cash num side event... e vamos agora ao main event! Next.

Main Event

Quanto ao Main Event por incrível que pareça, para um torneio com um buyin tão alto, sentei-me numa mesa super fácil.
Tinha um jogador hyper tight, 6 ou 7 jogadores fracos a fazer imenso limp, a escalar potes em situações super marginais, a não perceberem o valor de mãos tipo overpair contra 5 jogadores em flop super cordenados... 1 highstaker de cash cheio de arrogância e manias que era prozão todo bully mas que passado 1 hora já tinha encontrado 3 leaks graves no jogo dele (3bet frequency estupidamente grande, estava a jogar stats +/- 35/30 com 3bet a rondar os 25% ou mais, cbet flop 100% e cbet turn 100%, isto é sendo ele o agressor disparava sempre 2 barris, em potes multiway apostava SEMPRE que checkavam até ele, independentemente do número de jogadores na mão, textura da board, pote etc...)... Ora este 3bet dele mais as % de cbet mais o "não resisto a apostar sempre que checkam até mim"... são imensamente exploráveis... e era este o "bom jogador da mesa"... portanto sentia-me bastante bem neste contexto.


Comecei algo tight e comecei a abrir um bocadinho mais o jogo há medida que percebi que teria um edge pós flop bastante razoavel contra a maioria da mesa.
Infelizmente o meu torneio decidiu-se em duas mãos.

A primeira delas é bastante interessante e acabei por discutir a mão com várias pessoas e pedir opiniões e ainda hoje não estou plenamente convencido sobre qual a melhor linha a seguir.

Estamos no 100/200 e faço raise para 525 com AKcc e levo call do jogador imediatamente à minha esquerda e das 2 blinds.
Interessa descrever o perfil deste primeiro jogador que me faz call. Americano típico de 50 anos com nível mediano. Estava a jogar muitas mãos e de forma agressiva, mas era aquele agressivo mau, que fazia overplay de mãos, escalava potes em situações péssimas, fazia também muitos limps. Guardo duas mãos dele onde numa delas faz raise com K10 num board 1098 em pot multiway com 5 jogadores total da mão salvo erro, ou outra mão onde faz raise com top pair sem kicker contra 2 jogadores e dispara mais 2 turn e river como se tivesse "nuts" quando obviamente nunca é pago por pior.
O flop é Ks3h5h e aposto 1300 após as blinds terem feito check ao que ele me faz raise para 4200. Estou neste momento com a stack inicial aproximadamente 28k.
Aqui, numa board com alguns draws, apesar de out of position não há grandes dúvidas que devemos fazer call.
As decisões complicadas começam no turn que é um Jc e onde faço check e ele aposta 6800.
Tenho neste momento 23k aproximadamente e contra uma boa parte dos jogadores aqui acho que devemos fazer fold.
Agora neste caso concreto, para além dos possíveis draws, flush draw, quem sabe open ended com 46s por exemplo, este é o tipo de jogador mau que faz raise flop e bet for value(pensa ele) de KQ, K10, K9... well, provavelmente qualquer Kx. O que torna muito complicado encontrar um fold aqui...
Num vácuo, contra jogador sem perfil, aqui vamos estar praticamente sempre contra 33, 55 ou algo tipo 46hh, 76hh ou AQhh... isto é trios ou draws fortes... sendo que se fazemos shove não vai fazer fold dos trios e não vai fazer call com os draws.
Mas contra este jogador temos obrigatoriamente que incluir no range dele qualquer Kx... o que complica extremamente a nossa decisão, porque, apesar de marginal, estamos a falar de foldar a melhor mão aqui uma % razoavelmente grande de vezes contra este perfil.
Aqui as decisões das pessoas com quem falei variam desde:
Check/Raise allin até Check/Fold até Check/call para fazer call em qualquer river non heart até Check/Call e vamos decidir o river.
Eu tomei esta última decisão. Ainda temos para trás 70 ou 80 bb's no river e acho que no river ele não vai "mentir-me" e não vai ter coragem de disparar terceiro em bluff e provavelmente com um pote tão escalado parece-me que dificilmente ele fará algo diferente do que seja check behind com os top pairs dele.
O river é um 2s que apesar de blank não é 100% blank porque completa open ended para 64... de qualquer das formas não é o topo das minhas preocupações.
Faço check e ele faz o meu allin.
Uau... que decisão difícil... Tournament Life com Top Pair/Top Kicker tão deep não é bom praticamente nunca, mas ... contra um senhor que algumas vezes me vai mostrar aqui orgulhoso KQ é tão close esta decisão.
Pensei cerca de 10 minutos, falei imenso com ele, ele estava mesmo ao meu lado e parecia nervoso, pescoço muito vermelho, voz trémula... mas o problema aqui é que é um pote tão grande e escalado que não posso instanciar a linguagem corporal dele como bluff, já que, pelo tamanho do pote, se ele tiver "muito jogo", provavelmente o factor adrenalina vai causar-lhe sensações semelhantes.
Pediram o clock e tive que tomar uma decisão onde não consegui encontrar uma % de certeza suficiente para o colocar em bluffs ou KQ, K10. Para além disso o turn é um J que encaixa Top Two em mais uma mão do range dele.
Para além disso, é preciso balls para disparar o terceiro contra um jogador que fez cbet e nos pagou raise no flop, que depois nos paga o turn... Se estivermos no lugar do villain vamos pensar que vamos levar call uma % grande de vezes já que o meu perceived range é algo óbvio e é praticamente sempre AA ou AK.
Penso que tomei a decisão correcta em fazer fold aqui... mas vou continuar com dúvidas relativamente à melhor linha para o turn.
Perguntei-lhe se ele me podia dizer a mão dele... ele disse que não porque não queria dar informação à mesa. Disse que me dizia no fim, no fim, quando fui eliminado, ele faz questão de se levantar e virar para trás(para a mesa não ouvir)... e disse-me que tinha A4 (sem copas). Gutshot flop que decidiu fazer raise, disparou segundo barril no turn, e encaixou o river.
Um pouquinho results oriented fiz call enquanto estava à frente e foldei quando estava atrás. :)
A opção conservadora de abandonar no turn nunca é péssima... mas não gosto de todo de tomar as opções conservadoras sempre porque vamos estar a abandonar uma equity enorme em imensos spots só pelo factor tournament life.
O único factor a favor desta opção seria o facto de ter um edge razoável sobre a mesa e poderia encontrar spots bem mais favoráveis para potes deste tamanho nesta fase.
Quanto à opção check/raise allin no turn que algumas pessoas tomariam... precisava 1º que o turn fosse algo tipo um 8 para não existir mais 1 mão do range dele (KJ) que passaria para a minha frente, depois, de ter um grau de certeza uns 10/15% superiores quanto à quota parte do range dele maior serem draws e one pair/top pairs hands. Sem essa certeza... "grande"... sinto que uma boa parte das vezes vou estar a fazer spew... e vou acabar por sair muitas vezes do torneio chateado comigo a pensar "porque fiz isto"...
Bah... é difícil realmente a mão... e com umas opiniões de umas 10 pessoas diferentes, acabamos por não chegar a grande consenso. (Policy, Lostlucky, Pi, Arise, Joka, Carlos, Tomé, Tokas, Diogo, Leguito... etc...)


Depois de mais algumas mãos onde flutuo entre as 9k e as 15k vem a seguinte fatídica mão.
Tenho AQdd no botão e faço call a raise UTG no 150/300 de um jogador que não estava a abrir muito nesta fase... o highstaker bully faz call na bb. Flop AQ2 rainbow e o raiser inicial aposta 1500, ora aqui, com 13k para trás aproximadamente se faço raise ele vai colocar-me provavelmente no range correcto de value de 2 pares ou melhor porque não tenho stack para fazer raise bluff e foldar a shove nunca e obviamente não quero que ele tome a decisão correcta de fazer foldar de algo com imenso valor como AK ou AJ nesta board, o que sinceramente é o que eu acho que ele tem praticamente sempre já que após raisar utg fez cbet contra 2 jogadores. Para além disso como tenho o "criativo" na bb ao fazer apenas call estou a dar-lhe oportunidade de tentar uma das suas "bullyzices" e fazer-nos check-raise. Ora isso não acontece e vamos ver o turn que é um 10.
O jogador pergunta-me quantas fichas tenho... e coloca 3 fichas laranjas, 15k que é o meu allin... obviamente que ele tem AK ou A10 aqui, algumas vezes AJ... e nunca é AA, QQ, 22 ou 1010... porque iria tentar extrair outro valor da mão. O pote tem neste momento aproximadamente 5k fichas... e ele está a apostar a minha stack que é a efectiva que são 11k... aproximadamente 2 potes portanto. Faço Snap Call obviamente ao que ele faz cara torta e mostra AK.
Pote para voltar às 28, 29k..no 150/300... e pronto... river... K.
Um enorme vazio.

Os meus últimos torneios ao vivo tem sido uma constante sair com suckouts, estou running really bad... é bastante desmoralizante e frustrante, principalmente porque estive em alguns contextos onde senti que estavam criadas as condições para ir really deep em torneios grandes nomeadamente o EPT de S. Remo e o evento #54 das Wsop.
Só para recordar, EPT de S. Remo cheguei ao dinheiro 150 de 1200 jogadores aproximadamente e no dia 2 fico com 3 bb's com AK contra AJ pré-flop numa mão ridícula. Recupero, chego ao dia 3, entro no dinheiro e perco com KK contra AJ noutra mão completamente parva... cheguei ao dinheiro menos mal.
Torneio na figueira consegui perder 1010 vs 22 no dia 1, ficar "morto", recuperar, e no dia 2 KK vs QQ ... perco de novo, GG me.
Side event #54 WSOP A9 vs K9 ITM, main event foi isto... E isto é apenas a história recente.
Várias pessoas têm demonstrado empatia com o "galo" ou mau karma que tenho tido nos últimos tempos... mas na realidade é a última coisa que quero pensar, é no "azar" que tenho tido em termos de torneios ao vivo, apesar disso tenho feito alguns cashes e ainda há pouco ganhei um torneio na gran canaria, por isso tá-se bem. Na verdade e para o factor "pensar positivo"... eu dispenso os "Não conheço ninguém com tanto azar como tu..." e "Sais sempre à pi....da..."... :)
Entendo muito bem o conceito variância mesmo em alturas como estas, de qualquer das formas há que pensar positivo. Acho que tenho jogado bastante bem e tenho tomado boas decisões e é nisso que me devo concentrar.


Other Stuff

Fui de novo às "radicalices" do stratosphere e também à montanha russa do new york. Tudo que são cenas que tenham a palavra adrenalina associada faço call, não interessando o nível de dificuldade. E estamos a falar de "brincadeiras"... :) durinhas... muito boa gente fica à porta com "dores estomacais"... :).
Fiz de novo o big shot ( http://www.youtube.com/watch?v=6g0K5Gq1eFg acreditem que este vídeo não demonstra nem 20% do que é estar ali sentado) onde estás sentado e és presenteado com um salto negativo a 4G que é das coisas mais impressionantes que alguma vez fiz... a montanha russa do new york é difícil, o X-scream é difícil...mas isto... oh my god! :)
Antes tinha feito X-scream (http://www.youtube.com/watch?v=x4yNZiz_EZA) que é um "míssil" onde vais sentado a alta velocidade numa distância curta e ficas pendurado no topo do Stratosphere virado para o vazio a ver o chão muito longe, obviamente quem tem vertigens não pode sequer subir à torre, quanto mais andar nisto!
Uma das razões para as pessoas não andarem nisto... é pensarem na possibilidade "e se falha?" ... Eu não costumo pensar nisso... mas, no X-sceram, o meu amigo GRANDE GNU Nando "Fsleite" ao sentar-se "decide" deixar cair 2 moedas... pim plim pam plim... eu a ouvir as duas moedas e a pensar...
Oh my god! lol Tinhas mesmo que deixas cair as moedas? tipo não chega já estarmos pendurados quase na vertical no topo de 1 torre num "carrocel"... tinhas que deixar cair as moedas?
Lembram-se da saga de filmes Final Destination? Se fosse no filme estas moedas iriam ter ao ->rebite da junta da colaça do eixo traseiro de suporte ao mecanismo hidráulico Xpto <- da diversão... lol... que faz com que o brinquedo não caia cá baixo e pronto... bate o gutshot... e lá vamos nós em queda livre ficar feitos carne picada! :) Obrigadinho meu grande GNU! claro que fiquei caladinho e achei melhor não pensar nas moedinhas! :) Ninguém tem tanto galo... lol Só ficou a faltar fazer a nova diversão... SALTAR DA TORRE... em algo tipo bungie jumping! (http://www.youtube.com/watch?v=IsRbipctKTk&NR=1&feature=fvwp)
Na realidade é um salto em queda livre controlado!
Estive lá 2 vezes para fazer... mas dada falta de companhia para o efeito acabei por não fazer! Btw, acho que isto vai ser difícil... já fiz bungie jumping uma vez e é preciso balls para saltar de uma altura de 70 ou 80 metros... e é difícil lançares-te de cabeça dessa altura... quanto mais de 300 que é aproximadamente a altura da torre! É que é mesmo muito alto! :)
Fica para o próximo ano... é que este ano os "eu vou contigo"... cortaram-se todos! :)

Há tanto mais para falar... mas tenho preguiça... :) Para além disso isto já vai longo...
é incrível como não tenho poder de síntese...


Só mais uma coisa em relação às world series em vegas. Há um grande pro e um grande contra na minha opinião nestes torneios. O grande contra são os 30% que és obrigado a deixar lá em qualquer prémio acima de 5k$, impostos. O grande pró é que uma % imensamente grande dos jogadores americanos são medianos/maus. O Poker é para os americanos o que a sueca é para os portugueses, "toda" a gente saber jogar sueca em portugal certo? Lá toda a gente sabe jogar "poker". Mas estamos a falar de um nível onde sabem as regras e para além de experiência em home games e algumas incursões pela internet, para a maioria deles é um hobbie ao qual vão tentar um shot no "euromilhões" aka wsop. Por isso o juice na maioria destes torneios, inclusive main event é imenso!


Ah... outra coisa que me esqueci... :)
Estes dois morcões... meus grandes amigos... Fernando GNU "Fsleite" Leite... e Jolanta "insultocarinhosoquenãopossoescreveraqui" Synowiec ... lol Casaram-se em Vegas e fui padrinho... :) pela 1ra vez... Olha eles que bonitos (tirando o gajo da esquerda)... :)

Por toda uma envolvência que não é para aqui chamada, isto foi mais do que apenas um Vegas wedding... Your happiness is my happiness seu gnu e "insultocarinhosoquenãopossoescreveraqui"... :)



Resta-me desejar boa sorte ao Diogo que ainda está em prova no dia 6 do main event! ;)


Cheers.
 
posted by oversleep at 10:59 | Permalink | 4 comments